Vanessa Giácomo relembra câncer severo da mãe: "Não contei da metástase"

entretenimento
05.08.2022, 10:06:00
(Reprodução / TV Globo)

Vanessa Giácomo relembra câncer severo da mãe: "Não contei da metástase"

Atriz ficou arrasada com a notícia da doença

A atriz Vanessa Giácomo foi a convidada do programa Conversa com Bial, exibido na noite desta quinta-feira (4), na tela da Globo. A famosa comentou que, há quase uma década, perdia a mãe para o câncer. 

No entanto, apesar de saber da notícia, ela não revelou a história completada para dona Ivonete, já que seu irmão não conseguia informar que a mãe estava com a doença. 

"Não contei da metástase. Falei 'vamos enfrentar isso juntas' e ela desmaiou umas cinco vezes e foi muito duro, porque é muito difícil. Eu a levei em vários médicos e o primeiro falou que ela tinha quatro meses de vida. E eu ficava: 'Como assim minha mãe tem quatro meses de vida?'", disse a atriz, acrescentando que Ivonete sobreviveu mais dois anos após descobrir a doença", disse. 

Nova novela na Globo

Ainda na conversa, a artista, que recentemente foi alvo de uma fake news nas redes sociais, comentou sobre a nova novela, Travessia, escrita por Glória Perez. O folhetim vai substituir Pantanal, atual sucesso da emissora. Para Vanessa, é sempre uma surpresa saber se a trama vai cair nas graças do público, ou não. 

"Nunca sabemos o que vai ser um sucesso e o que não vai funcionar. Não existe essa garantia. É obvio que é muito bom quando você pega uma novela [como 'Pantanal'] que está esse sucesso e começa a seguinte, porque tem um público ali que quer assistir. Mas [o êxito] varia muito de novela para novela", finalizou.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas