Veja 10 dicas de como sobreviver ao seu ex, neste Verão

flavia azevedo
04.01.2019, 05:00:00

Veja 10 dicas de como sobreviver ao seu ex, neste Verão

(Ilustração: Quintino Andrade/Correio Gráficos)

O ideal é que a relação seja saudável. Nesse caso, parabéns ao ex-casal! Mas, pode não ser. E aí, vamos combinar um negócio? Neste Verão, quem vai se estressar não é você. Se ele é um “tipinho típico”, este é o pior momento do ano. Nas férias das crianças, intensificam-se as insinuações maldosas, joguinhos e pressões. Só que (quase) tudo se resolve com uma coisa: informação. Sim, tem como virar o jogo.

Veja as dicas da Dra. Mariana Regis. Ela é advogada há 14 anos, especialista em Direito das Famílias. Feminista, atua apenas representando mulheres. É Mediadora de Conflitos e expositora das Oficinas de parentalidade e Divórcio do CNJ.

(Foto: Arquivo Pessoal)

Fundadora da Rede Nacional das Advogadas Familistas Feministas, capacita advogadas para exercer um trabalho sensível às desigualdades de gênero, enfrentando o machismo nas varas das Famílias. Tá bom pra você? Pra mim, tá. Leia, releia e guarde. Você pode precisar.

1 - Papai quer levar pra viajar
Massa. Se a viagem for dentro do território nacional, tá tranquilo. Quando crianças viajam com um dos pais, não é necessária a autorização do(a) outro(a). Mas precisa, sim, comunicar. Viajou com o pai? A mãe tem que saber onde o filho(a) está. Isso é um direito e não um capricho, portanto, pode cobrar. Se a proposta for para o exterior, a banda toca diferente. Nesse caso, a mãe precisa autorizar formalmente. Aí, você decide, mas cuidado com uma pegadinha: “Há pais e mães que optam por inserir uma autorização prévia de viagem no passaporte da criança, com prazo de até dois anos de validade. Se você tem receio de que o pai leve a criança para fora do país e não retorne ou viaje sem sua autorização, não recomendo esse tipo de procedimento”. Ou seja, leia tudo bem direitinho, antes de assinar.

2 - Pensão durante as férias
Eles esperneiam, questionam, atrasam, fazem cara feia, massss... ligue não. O pagamento é mais do que legal. Você não é uma “golpista” por receber esse dinheiro. Observe: “a pensão alimentícia é devida durante o período das férias escolares, mesmo que a criança/adolescente esteja/viaje com o pai. Aluguel, condomínio, valores ligados ao parcelamento de roupas, sapatos - e até mesmo comida - não deixam de ser cobrados enquanto a criança passa férias com o pai. Por isso, ele deve seguir pagando a pensão na íntegra. Afinal, não é justo que a mãe arque sozinha com o pagamento das despesas fixas contraídas em função da existência e bem-estar do(a) filho(a)”.Óbvio, não é? Apenas faça cara de paisagem e deixe bem pra lá.

3 - O seu atual: é melhor esconder?
Pleno Verão, crianças com o pai, os acordos com o ex ainda não foram assinados, mas você já está vivendo aquele love delícia e merecido? É melhor você se poupar.  Divirta-se, mas seja discreta. Resista aos posts apaixonados e guarde esse amor pra você. “Dos primeiros conselhos que, infelizmente, preciso dar às mulheres que acompanho em fase pós-separação é: se está namorando, evite que seu ex saiba, por enquanto. Evite expor em redes sociais”. Segundo Mariana, é comum que as vidas das mães virem verdadeiros infernos quando os ex descobrem que elas estão com novos parceiros. Além da pentelhação clássica, eles costumam endurecer nas negociações. Pra que você quer esse desgaste? Então, amiga, até que esteja tudo amarrado, é boca de siri mesmo. Nesses casos, mais do que nunca, escondidinho é mais gostoso.

4 - E o décimo terceiro?
Sim, tem motivos e é legítimo: “muitos pais têm dificuldade em entender o caráter justo da contribuição e pressionam mães a abrirem mão desta parcela, ou fazem com que elas se sintam "aproveitadoras". Ora, o período do final do ano/férias é marcado por elevação das despesas em geral, sobretudo daquelas ligadas ao lazer. Além disso, muitas mães precisam contratar babás ou colônia de férias pois não podem estar com seus filhos enquanto estes não têm aula. Inclusive, é devido a este e outros aumentos de gastos que os trabalhadores(as) fazem jus ao 13° no final do ano”. Ficam a aula e o argumento aí.

5 - A gente não quer só comida
O nome é “pensão alimentícia”, mas veja bem, o valor não é só pra comprar arroz e feijão. Então, nada de culpa ao investir em lazer com as crias. Faz parte, é necessário, é um direito de toda criança. Segundo Mariana, “a pensão se destina a assegurar o direito dos filhos à cultura e à convivência familiar e comunitária. Embora alguns pais tenham dificuldade em visualizar o lazer como despesa, esta verba é considerada uma necessidade básica do ser humano, logo, deve ser coberta pela pensão. Não é justo que a criança só tenha acesso ao lazer em padrão compatível com o estilo de vida do pai quando está com ele”. Aliás, muitos deles querem bem isso: que seja divertido apenas estar com o papai. Portanto, capriche nos programas com as crias! Elas merecem e você também!

6 - Quando querem deletar a mamãe
Pode bater pé, companheira. O fato de a cria estar com o pai não significa que você deva sumir. Pode visitar, sim. Em caso de grandes distâncias físicas, o contato deve ser assegurado por videoconferências, por exemplo. Tentar impedir isso é prova apenas de egoísmo além de uma baita sacanagem com a prole. “Filhos não são objetos, são sujeitos de direitos. Cortar abrupta e prolongadamente o contato com aquela que cotidianamente se ocupa dos seus cuidados pode lhes causar angústia e sofrimento, sobretudo em se tratando de crianças pequenas.  As necessidades de contato, de compartilhamento das vivências com a mãe não devem ser cerceadas em função de disputas entre o pai e mãe”, diz Mariana evocando o “interesse superior da criança”. Se você vive esse problema, procure se informar e se faça presente sim!

7 - Presentes que o pai deu ficam com o pai?
Comum. Comuníssimo. Errado. Erradíssimo. Precisamos falar sobre o “confisco” de bens das crianças porque é isso, sim.  “Os presentes e roupas dados às crianças, a elas pertencem. Não é justo nem saudável privar uma criança do uso dos seus brinquedos mantendo-os apenas na casa do pai porque ele os comprou. Os pais devem ter maturidade e bom senso, prezando pela alegria, pela liberdade dos seus filhos em exercerem a ludicidade, e não pela posse egóica dos bens”. O hábito é mais do mesmo: “com papai é mais legal”. Você pode deixar barato? Pode. Mas, se perceber que a prole sofre, tem como reivindicar um comportamento mais digno do pai.

8 - Ele deve manter o padrão
Tem aquele texto comum: a mãe é “superprotetora”, os cuidados são “excessivos”. Tudo arrematado pela sentença: “enquanto estiverem comigo, as regras são minhas”. Mero exercício de vaidade que, obviamente, prejudica o lado mais frágil. Outra vez, as crianças. Você tem razão de querer que sejam respeitados os procedimentos básicos e tá liberada pra pegar no pé. “É preciso haver um respeito pelo padrão de cuidado ofertado aos filhos, tanto na casa materna quanto paterna. Os pais precisam conhecer eventuais restrições alimentares, rotina de cuidados higiênicos e médicos aos quais os seus filhos estejam submetidos para que durante as férias a sua integridade não esteja sob risco”. Ou seja, camarada: tem que seguir com a homeopatia, se for o caso. E respeitar as malditas “alergias”, por exemplo. O bom é que a comunicação seja saudável, mas caso não seja... é “maus tratos” que chama, né?

E quando é um bebê?
Não vai interromper a amamentação pro pai levar o nenê. A proposta absurda é bem comum, saiba. Longos afastamentos da mãe são reivindicados sem que se considere a importância do vínculo mãe/bebê. Uma maldade com ambos. Falta de sensibilidade para a qual Mariana chama a atenção: “para definir o período de convivência entre pai, mãe e filhos com menos de dois anos de idade, há elementos essenciais a serem considerados. (...)Infelizmente vejo pais pressionando mulheres a interromperem a amamentação para que eles possam viajar ou passar longos períodos com os filhos nas férias, embora eles não tenham completado dois anos. Para preservar o seu equilíbrio e desenvolvimento pleno, portanto, penso que é essencial evitar afastamentos de longa duração entre mãe e filho(a) durante esta fase. O tempo de convívio paterno pode ser aumentado gradualmente nas férias seguintes, em função da redução das necessidades de aleitamento materno. Maturidade é preciso nesse contexto. Pai que ama os filhos respeita o seu desenvolvimento saudável”. Isso é sério. Seríssimo!

DICA BÔNUS

Ele reclama da pensão, mas...
Se ligue: o período de férias é ótimo pra desmascarar aquele tipo que vive chorando miséria. Bora ver se ele tá duro mesmo? Ele pode até ter te bloqueado, mas quem tem amigos(as) tem tudo, rá! Uma stalkeada pode definir o jogo e resolver direitinho o valor dos “alimentos”. Dicas da especialista: “Salve todas as fotos relativas à curtição (viagens, passeios, festas e bebidas caras), tire print também dos check'ins em hotéis/pousadas (registrando a quantidade de dias da viagem e a distância da cidade onde ele mora para calcular gastos com transporte), faça prints das confirmações dele nas festas que visualizar no Facebook e consulte o preço da entrada nos eventos. Depois disso, envie imediatamente os "prints" para o seu e-mail e o de alguém da sua confiança”. Tudo isso pode ser usado em processos em que discutem valor de pensão, especialmente quando os pais não têm carteira assinada.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/policiais-militares-e-espadeiros-entram-em-confronto-em-senhor-do-bonfim/
Atividade é proibida desde 2017, mas testemunhas acusam PMs de truculência
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/jotape-lanca-single-em-parceria-com-bia-ferreira/
Prévia de EP do músico, a faixa Conte Comigo mescla MPB, rap, pop e R&B
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/video-mostra-evolucao-tecnica-em-animacoes-da-pixar-desde-1995/
Desde o primeiro Toy Story, a Pixar produziu 21 filmes de animação
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/sao-joao-em-versos-de-poesia-e-letra-de-musica/
Confira últimos vídeos da websérie especial São João na Estrada
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/nicki-minaj-lanca-musica-nova-ouca-megatron/
Megatron já é cotada como novo hit do verão americano
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/onibus-pega-fogo-na-rodoviaria-de-salvador/
No momento do incêndio houve tumulto e correria dentro do terminal
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/musica-de-freddie-mercury-e-revelada-quase-30-anos-depois-de-sua-morte/
Originalmente lançada em 1986, música ressurge em nova gravação
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/charlize-theron-e-seth-rogen-formam-um-casal-improvavel/
Na comédia, um jornalista reencontra a mulher sua ex-babá e os dois se envolvem
Ler Mais