Vídeo mostra momento em que jovem é abordado por ladrões no Imbuí

salvador
03.08.2015, 16:51:00
Atualizado: 03.08.2015, 16:58:56

Vídeo mostra momento em que jovem é abordado por ladrões no Imbuí

Toda a ação durou não mais que dois minutos; jovem foi levar a amiga em casa

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Imagens de uma das câmeras do Condomínio Summertime, no Imbuí, mostram o momento em que dois ladrões abordam o carro do administrador Felipe Rauta Cabral, na madrugada do último sábado (1º).  Felipe morreu após ter sido baleado no tórax durante um assalto na rua Alberto Fiúza.

(Foto: Reprodução/ Facebook)


Toda a ação durou não mais que dois minutos. O administrador estava no carro, um Hyundai/HB-20 de cor branca, acompanhado da estudante de jornalismo Aymée Francine Leite Brito, quando o carro foi cercado pelos bandidos. Ele foi levar a amiga em casa, que mora no Condomínio Summertime.

Os dois assaltantes desceram de um Fox Vermelho. Enquanto um homem se aproxima do carona, caminhando pela pista e usando uma camisa vermelha e uma calça jeans, o outro bandido anda no passeio em direção ao motorista. Nas imagens, é possível ver quando os faróis traseiros são ligados – ocasião em que Felipe teria percebido a presença do homem armado [ação acontece no canto superior direito do vídeo].

Em seguida, o bandido abre a porta do motorista, o carro anda para frente e foge logo depois. Felipe, usando camisa branca e calça escura, sai do carro e cai. Nesse momento o segundo ladrão entra no Hyundai/HB-20 e aguarda alguns instantes. Após o Fox Vermelho passar, é que o Hyundai/HB-20 deixa o local.  Aymée, que trabalha no site Bahia Notícias, foi deixada na Estação Pirajá.

Na manhã do mesmo dia, o Hyundai/HB-20 foi encontrado por policiais militares na localidade de Cidade de Plástico, em Nova Brasília de Valéria. “O carro estava fechado e será periciado”, declarou o delegado Demerval Amoedo Júnior, titular da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV). 

O caso é apurado na 9ª Delegacia (Boca do Rio). A delegada Rogéria Cardoso, titular da unidade, disse que já solicitou imagens de outros condomínios na tentativa de identificar os criminosos. “Estramos trabalhando intensamente desde o dia do fato”. Após analisar as imagens, a delegada acredita que os bandidos tinham a intenção de apenas roubar o carro. “O que pode ter acontecido foi uma reação diferente suspostamente para preservar a vida da jovem ou de evitar o roubo do carro”.

A delegada reforça sua dedução com o fato de os bandidos terem deixado livre a amiga de Felipe. “Acredito que só levaram a moça para evitar que ela acionasse a polícia”, declara a delegada.

Aymée disse à polícia que não sofreu nenhum tipo de agressão. Ela também contou que um taxista a encontrou no meio da rua e a levou para a delegacia.  Felipe era natural do Espírito Santo, mas morava em Salvador havia 18 anos, onde era funcionário da empresa de transporte e logística da família.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas