Virada Sustentável volta a Salvador de cara nova; Confira programação

entretenimento
12.11.2018, 15:36:00
Atualizado: 12.11.2018, 16:16:46

Virada Sustentável volta a Salvador de cara nova; Confira programação

Com mais de 100 atrações programadas, o evento contará com shows, dança, exposições e muito mais

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O maior festival de cultura, mobilização e educação para a sustentabilidade da América Latina, volta a Salvador entre os dias 29 de novembro a 02 de dezembro, mas desta vez de cara nova. Em sua segunda edição a Virada Sustentável se destaca não só pela extensa programação, divulgada nesta segunda-feira (12) no site do evento, mas também pela quantidade de atrações, projetos e equipamentos culturais que se envolveram neste ano. “Nós voltamos com uma nova roupagem porque nossa intenção é realizar atividades em diversos pontos da cidade, trabalhando nossos três eixos: o da ação, da Cultura e do conhecimento”, pontua a coordenadora nacional da Virada Sustentável, Vivian Schaeffer.

Na festa de lançamento, que aconteceu no Espaço Cultural Barroquinha, estavam presentes o Secretario da Cidade Sustentável e Inovação (SECIS) André Moreira Fraga; a gerente de Marketing Institucional da Braskem, Ana Laura Sivieri e a coordenadora nacional da Virada Sustentável, Vivian Schaeffer. O Evento terminou com uma apresentação dos jovens do Projeto Axé.

alunos do Projeto Axé se apresentaram ao final da cerimônia de lançamento. (Foto: Marina Silva / CORREIO)
(Foto: Marina Silva / CORREIO)
(Foto: Marina Silva / CORREIO)
(Foto: Marina Silva / CORREIO)
(Foto: Marina Silva / CORREIO)
(Foto: Marina Silva / CORREIO)
(Foto: Marina Silva / CORREIO)

Programação

Até o momento foram contabilizados mais de 100 atrações e projetos confirmados, porém outras atrações deverão surgir até uma semana antes da data do evento como explica Alice Barreto, Condutora do SalvadorMeuAmor e gestora da Virada Sustentável. Além disso, Alice e sua equipe foram os responsáveis pela curadoria de todas as atrações e projetos do evento. “Nós tivemos um edital aberto para projetos e recebemos cerca de 150 projetos. Destes mais de 100 foram aprovados e estamos em fase final de avaliação, então ainda é possível que novas atrações sejam incluídas na programação até lá”, explica. 

Entre os projetos contemplados pelo edital está a Aula Tour na Feira de São Joaquim de Lili Almeida. Ela explica que o projeto surgiu através do seu encontro pessoal com a feira. “Eu sou chefe de cozinha especializada na culinária baiana, então eu sou muito frequentadora da feira. Quando eu comecei a trabalhar com isso eu quis muito conhecer aquilo ali e então comecei a frequentar a feira e comecei a me encontrar ali”, explica. 

A chefe de cozinha ainda relata que a partir do momento que ela começou a apresentar a Feira para os amigos, eles também demonstraram interesse em conhecer o espaço. “Eu acho que essa demanda das pessoas é fruto de um resgate da nossa cultura. A feira é o maior ponto vivo da nossa história e está fora do roteiro turístico da Bahia há anos. Esse é o momento que temos de retomar isso. Sem dúvidas é a menina dos meus olhos e o projeto do meu coração”, revela.

Sob os pilares da cultura, ação e conhecimento a curadoria do evento teve o cuidado de manter a diversidade e distribuir as atividades por toda a cidade: Centro Histórico, Subúrbio, Itapuã, Cajazeiras, Cidade Baixa, Parque da Cidade e mais. “Nós vamos discutir desde questões como gênero, sexualidade e raça. Atividades voltadas para crianças. Teremos também circo, esporte, lazer, dança. Alguns painéis informativos e festivais dentro do próprio festival”, adianta Alice sobre a programação.

Entre os destaques está o mini festival que acontecerá no Parque da Cidade, nos dias 1 (sábado) e 2 (domingo) de dezembro. Sempre das 9h às 17h, o espaço receberá shows Larissa Luz, ÀTTØØXXÁ, Tássia Reis, Zuhri e mais, além de uma exposição sobre moda sustentável, oficina de Yoga para crianças e projetos como Feira da Sé.

Durante o período da Virada Sustentável, alguns espaços culturais da cidade como a Casa do Carnaval, Espaço Pierre Vergé e o Espaço Carybé de Artes estarão abertos ao público gratuitamente. “Isso foi possível graças a uma parceria nossa com a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo”, conta Alice Barreto. 

Virada

Baseada nos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, o evento já acontece desde 2011. A segunda edição realizada em Salvador será a última que o projeto realizará neste ano. 

“Vamos fechar com chave de Ouro! É sempre muito legal realizar a virada aqui em Salvador, porque é um terra especialmente energizada. Principalmente porque aqui os projetos têm uma pegada mais cultural, a questão da identidade é bastante forte. É uma cidade muito mais efervescente do que São Paulo, por exemplo”, avalia a coordenadora nacional do evento.  

Para este ano, foram selecionadas sete ODS para a realização do evento: Educação de Qualidade, Igualdade de Gênero, Redução das Desigualdades, Cidades e comunidades sustentáveis, Consumo e produção responsáveis, Vida na água e Vida sobre a Terra. 

O Festival, atualmente, está presente em oito capitais do país, Mas vivian adianta que para o ano que vem outras quatro deverão ser incorporadas. “Para o ano que vem pretendemos incluir Florianópolis, Curitiba, Maceió e Fernando de Noronha”, revelou a coordenadora.

O evento é promovido pelo Instituto Virada Sustentável, patrocinado pela Braskem, via Lei de Incentivo à Cultura - Lei Rouanet e realizado pelo Movimento SalvadorMeuAmor. O evento também conta com o apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Ministério do Meio Ambiente e Prefeitura Municipal de Salvador; com o copatrocínio de Liberty Seguros e o apoio da Booking.


 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas