Vitória visita o Náutico em duelo direto contra o rebaixamento

e.c. vitória
25.11.2020, 05:00:00
Léo Ceará é a esperança de gols do rubro-negro (Letícia Martins/ EC Vitória)

Vitória visita o Náutico em duelo direto contra o rebaixamento

Jogo será disputado a partir das 19h, no Recife

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A cada rodada o Leão tem uma nova batalha no Brasileirão. E nesta quarta-feira (25) o time entra em campo em terras pernambucanas. A partir das 19h, o Vitória enfrenta o Náutico, no Estádio dos Aflitos, em um duelo que o rubro-negro precisa vencer a qualquer custo.  

Com 25 pontos, o Vitória é o atual 16º colocado da Série B, na porta do Z4. Enquanto isso, o Náutico aparece logo atrás, na 17ª colocação, com 20 pontos. Por isso, o duelo é um confronto direto na luta contra o rebaixamento.  

Vencendo nos Aflitos, o Vitória afunda o Timbu e consegue abrir pelo menos sete pontos para o grupo dos quatro últimos colocados. Mas se perder, vai ver a distância para o Z4 cair de quatro para apenas dois pontos, além, claro, de recuperar um concorrente direto.  

“A gente respeita muito o Náutico, está com um treinador novo, o Hélio dos Anjos é um profissional muito vencedor. Sabemos que vai ser um jogo difícil, o Náutico tem uma tendência muito grande para crescer na competição, mas temos que jogar no nosso limite fora de casa”, disse o técnico Eduardo Barroca.  

Se quiser impor mesmo o ritmo e voltar do Recife com os três pontos na bagagem, o Leão vai ter que quebrar uma outra barreira. O time é o segundo pior visitante da Série B e, assim como o Oeste, ainda não conseguiu ganhar um joguinho sequer longe de Salvador, com seis empates e quatro derrotas em 10 jogos disputados: 20% de aproveitamento. Além disso, o time marcou 10 gols e sofreu 14. 

“Temos uma necessidade de vencer uma partida fora de casa, estamos em busca dessa vitória, e sabemos que a forma que temos para conseguir isso é jogar no nosso limite, se entregando, jogando no nível de intensidade alta, e mostrando qualidade de jogo”, continuou Barroca, confiante nos três pontos.  

Um dos jogadores mais experientes do elenco, o zagueiro Maurício Ramos reforça o coro do treinador e diz que a marca negativa tem incomodado o clube, principalmente o grupo de atletas.   

“Incomoda muito. A gente vem trabalhando bem, jogando bem. Felizmente passou aquela nuvem preta que estava acima de nós. Graças a Deus, com esse foco, essa confiança que o grupo vem tendo, espero que a gente possa sair vencedor contra o Náutico, fazer nosso melhor e conquistar a primeira vitória fora de casa”, afirmou.  

Rival em crise
A boa notícia para os rubro-negros é que o Náutico vem na contramão dessa estatística. O alvirrubro é um dos piores mandantes do torneio. O clube pernambucano venceu somente dois dos 10 jogos que disputou em casa. Houve ainda seis empates e duas derrotas. Somado a isso, há seis jogos os rivais não sabem o que é ganhar. São três derrotas seguidas na Série B.  

“Estamos trabalhando para que o Vitória tenha essa sequência de resultados positivos. Existe uma cobrança entre os jogadores para que a gente possa ter essa sequência, para dar mais tranquilidade para o torcedor e que a gente também possa ter essa tranquilidade. Isso vai chegar, espero que contra o Náutico a gente possa fazer um grande jogo”, deu o recado Maurício Ramos.  

Para montar o time que entra em campo, o técnico Eduardo Barroca ganhou novidades. O atacante Vico, que não participou dos últimos treinos por conta de um abscesso na coxa, foi relacionado para a partida. Além dele, o lateral direito Van também está recuperado e vai para o jogo

O Leão deve jogar com Ronaldo, Léo, Wallace, Maurício Ramos e Rafael Carioca; Guilherme Rend, Fernando Neto, Matheus Frizzo e Thiago Lopes; Vico e Léo Ceará. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas