'Volta de público ao estádio ainda não é possível', diz ACM Neto

esportes
22.09.2020, 16:10:00
Atualizado: 22.09.2020, 16:26:05
De acordo com ACM Neto, momento ainda não é o ideal para jogos com torcida nos estádios (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

'Volta de público ao estádio ainda não é possível', diz ACM Neto

Prefeito de Salvador diz que tem conversado com clubes do estado e CBF

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Apesar do aval do Governo Federal na proposta da CBF de permitir o retorno da torcida aos estádios no Campeonato Brasileiro, em Salvador as arquibancadas devem demorar um pouco mais para receber os torcedores novamente.

Prefeito da capital baiana, ACM Neto afirmou nesta terça-feira (22) que vem conversando com os clubes do estado e a própria CBF sobre o tema, mas entende que ainda não é o momento de liberar a presença dos torcedores.

"Acredito que nesse momento ainda não é possível admitir a volta de público aos estádios. Tenho conversado com os clubes da Bahia e com a própria CBF - pois também fui procurado pela entidade -, mas a minha opinião é que agora não há como permitir o retorno dos torcedores às arenas", disse o prefeito.

"Precisamos aguardar mais tempo para tomar uma decisão com segurança. Estamos agindo sempre com cautela, avaliando os impactos da reabertura das atividades, e não pode ser diferente em relação ao futebol", continuou ACM Neto.

O estudo enviado pela CBF ao Ministério Público prevê a ocupação de 30% da capacidade dos estádios em jogos da Série A. Apesar do sinal verde da esfera federal, a decisão de liberar os torcedores ainda precisa passar pelos estados e municípios.

A CBF também estuda uma forma de fazer com que todos as cidades que têm representantes na primeira divisão liberam o retorno das torcidas ao mesmo tempo. O objetivo da entidade é de que não haja desequilíbrio técnico entre as equipes.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas