Zé Rafael admite fase ruim do setor ofensivo e espera melhora no Ba-Vi

e.c. bahia
28.06.2017, 22:27:00

Zé Rafael admite fase ruim do setor ofensivo e espera melhora no Ba-Vi

Jogador tricolor acredita que time tem errado muito nas finalizações

O Bahia iniciou a semana de preparativos para o Ba-Vi de domingo (2) com um treino de finalização na terça-feira (27), na qual Jorginho exigiu mais eficiência dos meias e atacantes. Na quarta-feira (28), o meia Zé Rafael reconheceu essa carência no time.

Um dos destaques do tricolor no início do Brasileirão, Zé Rafael é o jogador do Bahia que mais finaliza. Foram 23, sendo 12 chutes na direção do gol e 11 para fora, de acordo com o site Footstats. Sozinho, deu 17% das 137 finalizações da equipe. Marcou um gol.

Até por isso, ele se sente responsável pela dificuldade do Esquadrão em achar o gol. O time marcou só duas vezes nas últimas cinco rodadas, trocou o G6 pela zona de rebaixamento, em 17º lugar, e o rendimento começa a preocupar. 

Zé Rafael promete que time vai melhorar a pontaria (Foto: Felipe Oliveira/ EC Bahia)

“Acho que a gente tem criado muitas oportunidades de gol, geralmente tem tido as primeiras oportunidades nos jogos, mas não temos sido eficiente, principalmente eu, se tenho o maior número de finalizações”, analisou Zé Rafael. 

“Acho que se elas não estão entrando é por algum motivo. Mas temos trabalhado, vamos focar essa semana para que domingo aconteça de forma natural e que a gente possa tirar esse peso, que pode estar atrapalhando na hora de fazer o gol”, explicou o jogador.

O time

O Bahia treinou em dois turnos nesta quarta-feira (28), no Fazendão. Para o clássico, o técnico Jorginho será forçado a mudar a escalação que perdeu do Flamengo.

O zagueiro Lucas Fonseca, suspenso, deve dar lugar a Rodrigo Becão. Renê Júnior volta de suspensão e tem lugar garantido no meio-campo. Juninho e Matheus Sales disputam a vaga restante. Mais à frente, Régis está cotado para iniciar como titular, segundo Jorginho falou domingo (25), logo após a derrota na Fonte Nova.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas