Zeca Camargo sobre Elza Soares: 'público não estava pronto pra ouvir'

entretenimento
26.11.2018, 23:20:00
Atualizado: 26.11.2018, 23:27:24
(Foto: Felipe Gabriel e Fabio Piva/Red Bull Content Pool)

Zeca Camargo sobre Elza Soares: 'público não estava pronto pra ouvir'

Jornalista lançou biografia sobre a cantora, nesta segunda-feira (26), durante o Red Bull Music Festival

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Dona de uma extensa e respeitada carreira, a cantora carioca Elza Soares, 88 anos, tem sido celebrada por diferentes gerações por seus inovadores dois últimos discos: A Mulher do Fim do Mundo (2016) e Deus é Mulher (2018). "Ela já era moderna desde os anos 1960", garantiu o jornalista e apresentador Zeca Camargo, 55 anos, nesta segunda-feira (26), durante o lançamento da biografia Elza (LeYa | 384 páginas | R$ 54), no Red Bull Music Festival, em São Paulo.

Sobre "essa fase que vocês tanto celebram", o autor do livro disse à plateia que há uma simples explicação: "O Brasil está finalmente sintonizado para ouvir uma coisa moderna. O público não estava pronto pra ouvir Elza Soares". No bate-papo Uma Conversa com Elza Soares, Zeca falou sobre a trajetória desta que é uma das principais divas da música brasileira e relembrou fatos marcantes das mais de seis décadas de carreira da cantora.

Durante o evento, Elza revelou detalhes do início de sua história, falou sobre a morte do filho, sobre a força da mulher e encerrou a noite com uma sessão de autógrafos especial: enquanto Zeca assinava com a caneta, ela marcava cada um dos livros com o batom do seu beijo. O lançamento, que já passou por outras cidades, ficou marcado por admiradores que fizeram questão de mostrar seu afeto e agradecimento por Elza, vista por eles como um exemplo de força e resistência contra o racismo e a violência contra a mulher.

"Não é um lançamento, é uma peregrinação. Em todos os lançamentos, as pessoas falam pra ela: você mudou minha vida'", contou Zeca. "É tão mágico", disse admirado. "Sempre respeitei o outro, é uma obrigação. Tô agradecendo àquela pessoa que também me deu resistência, força, coragem", retribuiu Elza. Confira, em breve, detalhes da conversa exclusiva do CORREIO com a cantora e o autor da biografia que já está disponível em todas as livrarias.

*A repórter viajou a convite do Red Bull Music Festival

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas