Zelito Miranda toca muito forró raiz no São João no CORREIO; reveja

entretenimento
19.06.2020, 21:18:00
Atualizado: 19.06.2020, 21:23:28
(Reprodução/YouTube)

Zelito Miranda toca muito forró raiz no São João no CORREIO; reveja

Sábado (20) Adelmario Coelho encerra projeto especial do jornal, às 19h

O cantor e compositor Zelito Miranda foi a quinta atração das Lives de São João promovidas pelo CORREIO, que aconteceu nesta sexta (19), no YouTube do CORREIO. Com muita energia e sem a banda e o público, o forrozeiro levou o clima interiorano para a casa do público do jornal. 

No repertório do Rei do Forró Temperado estavam músicas de sua autoria, gravadas ao longo de sua carreira, e de compositores que gosta. Ele cantou Sabiá, de Gonzagão, Severina Chique Chique e Chevete da Ivete, de Genival Lacerda, e Espumas ao Vento, de Flávio José.  

“Esse São João será de muitas saudades: da comida, das músicas, da bebida, mas acima de tudo, do espírito junino, da energia do povo, da dança, da fogueira, tudo isso faz bater um banzo antecipado, saudade do futuro, mas venceremos e sairemos mais positivados”, afirmou Zelito.

Ele aproveitou para agradecer o CORREIO pelo projeto. "O CORREIO está contribuindo para aliviar um pouco o sofrimento das pessoas. Acho muito legal o jornal fazer isso. Levar o forró e a cultura local pra casa das pessoas. Muita gente boa já passou por aqui e teremos mais", destacou, referindo-se a apresentação do amigo Adelmario Coelho, que toca neste sábado (20), às 19h, no mesmo canal. Mas antes de se preparar pra live de sábado, que tal rever a apresentação de Zelito?

Reveja o arrasta-pé desta sexta-feira (19):

O forrozeiro de plantão pode se solidarizar com a ONG Corrente do Bem, instituição que cuida de família carentes e que receberá as doações arrecadadas antes, durante e depois da apresentação. Durante a transmissão, um QR Code fica fixo na tela e, ao apontar a câmera, a pessoa é direcionada para uma área, onde poderá fazer doações. Esse projeto tem a parceria da ITS Brasil. E quem não viu ou que rever as primeiras lives, elas seguem disponíveis no canal do jornal. Já passaram pelo projeto Fulô de Mandacaru, Del Feliz, Estakazero e Flor Serena. 

Adelmario toca neste sábado (20)
Considerado o maior nome do forró na Bahia no momento, o cantor e compositor Adelmário Coelho é quem vai encerrar, neste sábado (20), às 19h, a série de seis lives de São João promovidas no YouTube do CORREIO.  Artista que circula com desenvoltura não só entre seus companheiros de forró como em outros segmentos da música, Adelmário também é conhecido pelo esmero com que procura fazer seus trabalhos. E não vai ser diferente agora. 

“Nessa live vamos levar para a casa das pessoas o que estávamos pretendendo levar para a nossa turnê junina, que em tempos de normalidade, estaria a todo vapor”, a forma o artista. Ele mostrará o projeto Carrossel do Tempo, que conta um pouco dos seus 26 anos de carreira e reúne clássicos da cultura nordestina e “algumas surpresas, que essa novidade desse ambiente de live nos proporciona”.

 Gravado no ano passado, em comemoração aos seus 25 anos de carreira, Carrossel do Tempo contou com a participação de artistas como Ivete Sangalo, Carlinhos Brown, Flávio José, Targino Gondim, Léo Macedo, Del Feliz, Zelito Mirando, Jó Miranda e Marquinhos Café. 

Desde que foi decretada a pandemia e a realização do São João ficou inviável, Adelmário não parou de trabalhar. Ele garante que, depois que a onda se dissipar, vai continuar firme e forte, sempre com o apoio da família que faz parte de sua equipe de produção incluindo a mulher e os filhos.

“O mundo mudou. Estamos aprendendo a viver dentro desta nova realidade, nos adaptando, e a realização de shows com transmissão pela internet, as lives, são uma nova realidade para nós artistas. Não é como num palco, onde a resposta do público é imediata, que você sente na pele”, diz Adelmário. Ele conta que tem recebido mensagens de pessoas que moram em São Paulo, nos Estados Unidos, na Europa, e, claro em seu Barro Vermelho, localidade ao lado de Curaçá. “Isso me deixa muito alegre e motivado”.  

Boas Lembranças
E como todo amante dos festejos juninos, Adelmário também concorda que a festa este ano vai ser diferente. “O São João não é só uma festa, uma comemoração, é o nosso DNA, nossa nação. É o que realmente representa a música popular nordestina e brasileira”, diz..

E num tom nostálgico ele conclui: “Eu queria muito era estar na estrada, com minha equipe, minha banda, com a presença física das pessoas sabe. Mas temos a responsabilidade de cuidar, tanto da minha equipe, quanto do meu público, e vamos seguir as recomendações das autoridades sanitárias, da Organização Mundial da Saúde e levar a alegria do São João para a sua casa nas lives. Vamos fazer o maior São João Online do Planeta!”, garante. 

Trajetória
Adelmário Coelho está completando 26 anos de carreira em 2020. Ao todo, contabiliza mais de dois milhões de CD´s e DVD´s vendidos, em uma lista de mais de vinte  CD's gravados.  Ao longo desses anos, fez sucessos com músicas como Não Fale Mal do Meu País,  O Neném, Anjo Querubim (que gravou com Ivete Sangalo), Lápis de Cor, Minha Maria, Amor Não Faz Mal a Ninguém, Tempinho na Rede e Bahia, Forró e Folia. Realizando shows em todas as capitais do país, Adelmário também contabiliza turnês internacional, passando pelos Estados Unidos, Espanha, Itália e França., entre outros países.  

No ano passado, Adelmário gravou o  DVD comemorativo  no Forte de São Diogo, na Barra, numa grande produção que reuniu  várias gerações do forró. Desde os mais velhos que gostam de um forró pé de serra, como Flávio José  aos mais novos, que preferem um forró mais temperado, a exemplo do que faz Zelito Miranda, Del Feliz e Targino Gondim entre outros. E ainda contou com  participações de Carlinhos Brown e Ivete Sangalo.

Batizado de Carrossel do Tempo, o show foi dividido em três etapas. A primeira foi  denominada Celebração , “com canções que marcaram a carreira do artista. A segunda, Plenitude, reuniu o autêntico forró dos dias atuais; e a terceira, Progresso, retratou a evolução histórica do estilo.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas