DESASTRE

Membros da mesma família são encontrados mortos abraçados no RS

A casa ficou totalmente destruída após ser atingida por um deslizamento de terra

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 12 de maio de 2024 às 20:48

O resgate dos familiares demorou cerca de 12 horas Crédito: Divulgação

Quatro membros de uma mesma família foram encontrados mortos e abraçados uns aos outros no interior do Rio Grande do Sul, em Roca Sales. Vitimados pelas chuvas que atingem o estado, a casa onde eles estavam foi totalmente destruída após ser atingida por um deslizamento de terra.

Ao UOL, o Corpo de Bombeiros de Santa Catarina informou que foram localizados abraçados a mãe, dois filhos, entre eles uma adolescente de 13 anos, e a esposa do filho mais velho. O patriarca da família também foi achado sem vida em um outro cômodo do imóvel atingido por um deslizamento de cerca de 300 metros, totalizando cinco fatalidades nesta família.

A casa ficou totalmente destruída e os corpos foram retirados da terra no último domingo (5). O resgate demorou para chegar ao local pelas dificuldades de acesso ao terreno, mas os militares acreditam que eles estavam mortos há alguns dias. O trabalho de resgate dos corpos durou cerca de 12 horas.

Não foi informado sobre o sepultamento dos corpos e os nomes das vítimas não foram revelados.

Moradores de Roca Sales precisarão mudar de endereço

A pequena cidade de Roca Sales fica localizada a 143 quilômetros de Porto Alegre e está sendo uma das mais atingidas pelas enchentes do Rio Grande do Sul. Segundo o Censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgado em 2022, a cidade tem apenas 10.418 habitantes.

Nos últimos oito meses, o município que fica às margens do Rio Taquari enfrentou três grandes eventos climáticos ligados a fortes chuvas. O rio está acima do nível de sua capacidade de transbordamento e começou a subir no final do mês passado com o aumento das chuvas. Atualmente, a cidade precisará ser reconstruída e diversos moradores mudarão de endereço.

Com risco de serem destruídos novamente em novas enchentes, Roca Sales precisará construir casas em novos bairros e a prefeitura deverá fazer um estudo para identificar uma área segura para construir novas habitações e prédios públicos, como escolas, indústrias, hospital e a sede da gestão municipal.

Enchentes do RS deixaram 143 mortos

Mais de 500 mil pessoas estão desalojadas no Rio Grande do Sul. Conforme o boletim mais recente do governo estadual, divulgado às 9h deste domingo (12), mais de dois milhões de pessoas foram afetadas pelas cheias dos rios.

A tragédia soma 143 mortos, 125 desaparecidos e 806 pessoas feridas, enquanto outras 76.399 foram resgatadas das cheias.

Ainda há risco de novas cheias em quase todas as regiões do Rio Grande do Sul neste domingo (12). Segundo o o Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais), é "muito alta" a probabilidade de cheias, especialmente na região centro-norte do estado.

Região de Porto Alegre tem risco de deslizamentos. A previsão ainda diz que podem existir, principalmente, "quedas de barreira" à margem de estradas e agravamento de deslizamentos que já se iniciaram.