Flora defende Donatela e mata Dodi em ‘A Favorita’

Fria, a vilã manda enterrar o marido nos fundos do rancho

Publicado em 9 de janeiro de 2009 às 11:51

- Atualizado há 9 meses

Por essa ninguém esperava. Após fazer tudo para acabar com Donatela (Claudia Raia), Flora (Patricia Pillar) vai salvar a vida da inimiga, na última semana de A favorita. Ao ver Dodi (Murilo Benício), com arma em punho, ameaçando atirar na ex-perua, a vilã não pensará duas vezes e vai matar o marido. As cenas vão ao ar a partir de segunda- feira.

Fria, Flora manda enterrar o marido nos fundos do rancho

Antes do fim trágico do malandro, Donatela chega de surpresa ao rancho. Decidida a minar as forças de Flora, a ex-dondoca apela para o lado sentimental: diz que não deveria ter deixado a dupla e que sempre gostou dela. A princípio, a vilã se faz de forte, chega a chamar a polícia, mas logo cai no jogo da rival.

Mancomunada com Silveirinha (Ary Fontoura), Donatela pede que o ex-mordomo prepare a comida que Flora mais gosta. E ainda a presenteia com a boneca que, quando criança, ganhou de Pedro (Genézio de Barros) e era o sonho de consumo da ex-amiga. Enquanto isso, Dodi sai da cadeia e vai para o rancho. Lá, ao ver as duas bem amiguinhas, ele é sarcástico. Flora o manda embora, mas o malandro insiste em ficar. Para chantageá-la, o safado, que está armado, segura Donatela e ameaça matá-la. Flora se descontrola. Como também está com uma arma, atira no marido. O crime ocorre na frente de Donatela e Silveirinha. Fria, Flora chama o segurança e o manda enterrar Dodi nos fundos do rancho.

RETA FINAL

Em todo bom folhetim, os desfechos dos personagens só acontecem mesmo no final da trama. Em ‘A favorita’ não será diferente. Com fim previsto para o dia16, os destinos dos personagens já começam a ser selados. Como o de Copola (Tarcísio Meira) e Irene (Glória Menezes). O ex-líder dos operários finalmente pedirá a professora de música em casamento. Já seu neto, Cassiano (Thiago Rodrigues), vai deixar a vida de músico e voltará a ser operário.

Átila (Chico Diaz) surpreende Lorena (Gisele Fróes) com uma viagem a Campos de Jordão só para os dois. Catarina (Lília Cabral) vai ficar frustrada com algumas atitudes de Vanderlei (Alexandre Nero).

Elias (Leonardo Medeiros) escolhe Didu (Fabrício Boliveira) para seu substituto. Cansado da política e sempre atento ao comportamento de Didu e às necessidades do povo, Elias decide abrir mão da prefeitura e nomeia o filho de Romildo (Milton Gonçalves) secretário da Integração Social, para que ele possa assumir a prefeitura no próximo mandato.

(Reportagem publicada na edição de 08/01/2009 do CORREIO)

Veja também: