Telas raras de Carybé são expostas em nova exposição no Museu da Misericórdia

entretenimento
27.09.2018, 15:00:00
Pinturas foram feitas em diferentes épocas da vida do artista (Foto: Divulgação)

Telas raras de Carybé são expostas em nova exposição no Museu da Misericórdia

Mostra reúne 34 pinturas que analisam os modos de viver dos baianos

Telas raras do artista Carybé, pouco vistas pelo grandes público e nunca antes exibidas em conjunto, são agora unidas e expostas na exposição Hector Bernabó, no Museu da Misericórdia, no Centro Histórico. A mostra, que ganha abertura nesta quinta-feira (27), a partir das 18h30, traz as 34 obras até o dia 28 de outubro. Os trabalhos retratam a Bahia pelas visões poéticas do artista, que traz as diversidades culturais do estado em suas pinturas coloridas.

Os ingressos para a exposição ficam por R$ 6 e R$ 3 e o museu prossegue abrindo para visitações de terça-feira a sexta-feira, das 8h30 às 17h30; aos sábados, das 9h às 17h; e aos domingos e feriados, das 12h às 17h.

“As obras foram produzidas em períodos diferentes da vida dele, nas décadas de 40, 50, 60... Todas elas mostram a forma como Carybé percebia o modo de ser do baiano, as festividades, a alegria e a religiosidade”, afirma a curadora da mostra, Simone Trindade.

Confira duas das obras:



O NOME POR TRÁS DO ARTISTA
O título da mostra é uma homenagem ao nome de batismo de Carybé: Hector Julio Páride Bernabó. O nome foi dado Buenos Aires, na Argentina, onde Carybé nasceu. Após, ele recebeu o pseudônimo artístico no período em que morou no Rio de Janeiro, quando era escoteiro na Tropa dos Peixes do Clube de Regatas do Flamengo. Lá, cada um era nomeado de acordo com um peixe e coube a ele “Carybé”, uma espécie de piranha. Seu contato com a arte veio desde cedo, ao ajudar no ateliê de cerâmica de seu irmão mais velho Arnaldo.

SERVIÇO:
Onde: Museu da Miserircórdia (Centro).
Abertura: Hoje, às 18h30.
Ingresso: R$ 6 | R$ 3.
Visitação: Terça-feira a sexta-feira, das 8h30 às 17h30; aos sábados, das 9h às 17h; e domingos, das 12h às 17h.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas