Tecnologia para conectar a escola

agenda bahia
02.10.2017, 23:01:00
(Betto Jr./CORREIO)

Tecnologia para conectar a escola

Especialista defende papel do professor como curador do mundo digital

O mundo mudou e nessa mudança, o potencial de comunicação da tecnologia digital permite maiores possibilidades de acesso à informação dentro e fora da escola. Agora, além do professor diante de um quadro, os estudantes têm acesso ao conhecimento disponível no mundo por meio  de muitas telas, como smartphones, notebooks e tablets. 

No entanto, para Cybele Amado, presidente do Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (Icep), que participou do painel Novas Conexões junto a Marcela Sabino, do Museu do Amanhã, a era digital não dispensa o profissional de educação. “Na verdade, o conhecimento é favorecido se os professores estiverem ao lado das crianças nesse processo de pesquisa”, defende. 

A combinação entre a orientação do professor e a pesquisa independente, para Cybele, é a chave para um estudo mais atual, principalmente para separar a informação verdadeira daquela falsa, em uma era onde é comum a propagação das fake news (notícias mentirosas).  “A tecnologia nos permite o acesso à informação, mas produzir conhecimento implica em pesquisa e diálogo”, afirma a especialista.

O estudante de Arquitetura e Urbanismo da Unifacs Daniel França, 20, se interessou pelo tema do painel porque, atualmente, está pesquisando sobre escolas. “Vou fazer um projeto para uma escola que fica na Península Itapagipana e ali é uma área complicada por ser de baixa renda. Nós queremos integrar a comunidade, a escola e o mar, então, a palestra me ajudou a pensar como podem ser essas conexões e como elas podem melhorar o ensino”, contou.