Cabo da PM é preso por participar de assalto a banco em Jacobina

Galdioso foi flagrado momentos depois do crime por PMs

Publicado em 11 de fevereiro de 2016 às 19:18

- Atualizado há um ano

PM foi preso(Foto: Divulgação)O cabo da Polícia Militar Galdioso Moura da Silva, 45 anos, foi preso acusado de participar da explosão de um cofre da agência do Banco do Brasil em Jacobina, na madrugada de terça-feira (9). Ele já está custodiado no Batalhão de Choque da PM, em Lauro de Freitas, depois de ser autuado por roubo e formação de quadrilha.

Galdioso foi flagrado momentos depois do crime por PMs quando estava espalhando grampos de metal para furar pneus das viaturas em uma via de acesso à cidade. Ele também tinha consigo um carregador de fuzil, munições e veículo Pajero branco.

O PM é lotado na 25ª Companhia Independente de Polícia Militar, em Casa Nova. Outros bandidos participaram da ação criminosa, mas conseguiram fugir em uma Hilux. Acredita-se que a quadrilha tenha 15 assaltantes.

A investigação do caso é conduzida pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco).