TRAGÉDIA AMBIENTAL

Vale ainda não resolveu problema de Mariana, Brumadinho e finge que nada aconteceu, diz Lula

O presidente cobrou a empresa nesta quinta-feira (8)

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 8 de fevereiro de 2024 às 09:41

Brumadinho
Brumadinho (MG) Crédito: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a criticar, na manhã desta quinta-feira, 8, a Vale devido a tragédias de Mariana e Brumadinho, em Minas Gerais. O presidente cobrou a empresa ao dizer que a companhia não resolveu os problemas que causou "e finge que nada aconteceu".

Lula disse que é necessário brigar "para que a gente faça um acordo justo". Ele também afirmou que não existe, até agora, um acordo nacional sobre o tema porque a discussão não chegou à sua mesa.

"Nós temos um ministro de Minas e Energia, o ministro da Casa Civil, nós temos Advocacia-Geral da União e o Ministério da Fazenda discutindo esse assunto para discutir com o governo de Minas e do Espírito Santo e com os movimentos que devem ser os benefícios desse dinheiro", afirmou Lula, defendendo que o acordo beneficie as pessoas afetadas pela tragédia. "Não é pegar esses recursos e fazer coisa em outro lugar", comentou o presidente em entrevista à Rádio Itatiaia.