Artistas internacionais compartilham a hastag #EleNão; assista trecho de entrevista

Dua Lipa e Ellen Page fazem parte da lista; atriz compartilhou a campanha relatando sobre seu encontro com o político

Publicado em 24 de setembro de 2018 às 19:30

- Atualizado há 10 meses

. Crédito: Fotos: Divulgações

Nesta segunda-feira (24), a atriz, diretora e produtora executiva canadense Ellen Page apoiou a campanha #EleNão em seu perfil do Instagram. A hastag, que demonstra falta de apoio ao canditado à presidencia Jair Bolsonaro (PSL) têm sido também postada por outros artistas internacionais, como a cantora Dua Lipa, Dan Reynolds (vocalista da banda Imagine Dragons) e o DJ Diplo. A cantora Nicole Scherzinger também aderiu a campanha e escreveu no Twitter: "Para todos os meus fãs no Brasil: estou enviando muito amor. Levante-se pela igualdade, respeito e amor. Certifique-se de votar nas próximas eleições presidenciais e ser ouvido", pontuou a ex-Pussycat Dolls. Dua compartilhou, além da hastag, também a postagem feita pelo apresentar Peter Maiszner, na qual é dito: "E você pensava que Trump era ruim: 'Ele disse que preferiria que seu filho morresse a ser gay. E, em frente às câmeras de TV, ele disse a uma congressista que ele não iria estuprá-la porque ela era feia'". Confira as postagens dos artistas:

ELA O CONHECEU PESSOALMENTE No caso da atriz Ellen Page, um detalhe que vai além das informações compartilhadas nas redes guiou a sua posição. Em 2016, a artista lançou a série documental Gaycation, na qual viaja para vários países com o objetivo de conhecer a comunidade LGBT existente em cada um. Em seu lugar de fala como lésbica, Ellen chegou a vir para o Brasil com o projeto e, em meio às apurações feitas no país verde e amarelo, um dos entrevistados foi o próprio Jair Bolsonaro. No episódio, a atriz confronta o político sobre os discursos de ódio que prega e afirma que tal atitude gera graves consequências para os homossexuais e para a sociedade em geral. “Eu entrevistei Jair Blsonaro para Gaycation no Brasil. Ele é perigoso, homofóbico, racista e misógino que está concorrendo a presidência do Brasil. Fala homofóbica dele: ‘Prefiro que meu filho morra numa acidente do que apareça com um bigodudo por aí.’ Se junte às vozes das pessoas no Brasil para dizer #EleNão #NeverHim. Estou mandando amor e apoio aos brasileiros resistindo esta loucura. Gaycation está disponível no Hulu, se você tem interesse em ver o episódio no Brasil”, disse a atriz no compartilhamento feito em seu Instagram.Confira um trecho legendado da série documental: