Peça A Alma Imoral retorna e discute dicotomias humanas

Premiada atriz Clarice Niskier se apresenta neste fim de semana no Teatro Sesc Casa do Comércio

Publicado em 29 de setembro de 2017 às 19:34

- Atualizado há 10 meses

. Crédito: .

Vista por mais de 400 mil espectadores, a peça A Alma Imoral volta a Salvador. O espetáculo repensa conceitos milenares da história da civilização, como a relação entre corpo e alma, certo e errado e traidor e traído. Sozinha no palco, a premiada Clarice Niskier faz contato direto com a plateia. 

Em 2012, A Alma Imoral reinaugurou o Teatro Serrador, no Centro do Rio, onde realizou uma temporada popular com enorme sucesso. Ao longo de 2013 e no primeiro semestre de 2014, seguiu em novas temporadas no Rio, em São Paulo e retornou ainda às cidades de Porto Alegre, Teresina, Maceió e Salvador. 

“No teatro é sempre a primeira vez. Quando me perguntam como é possível fazer uma peça tanto tempo sem se cansar eu respondo: assim como é possível amar tanto tempo a mesma pessoa sem se cansar. Nesse caso o tempo é muito subjetivo. Se a relação está viva, está viva. Dá trabalho, mas não cansa. Assim é na Alma Imoral. Eu amo esse trabalho, esse texto. Que vocês se sintam vivos diante de mim. Assim como tenho vontade de me sentir diante de vocês: viva”, afirma Clarice.

A peça fechou seu primeiro ano em cena com três indicações ao Prêmio Eletrobrás de Teatro(melhor atriz, melhor peça e melhor figurino) e chegou ao segundo comduas indicações ao Prêmio Shell (melhor atriz e melhor figurino), tendo vencido na categoria de Melhor Atriz. Foi ainda contemplada em 2007 pelos Prêmios Caixa Cultural e Caravana Funarte de Circulação Nacional de Teatro, e em 2008 pelo Prêmio Qualidade Brasil de Melhor Atriz.

Serviço: Teatro Sesc Casa do Comércio (Av. Tancredo Neves | 3273-8765). Sexta (29) e sábado (30), às 21h. Domingo (1), às 20h. Ingresso: R$ 80 | R$ 40.