Pierre Bergé, ex-marido de Yves Saint Laurent, morre aos 86 anos

O empresário francês morreu em casa, na madrugada desta sexta-feira (8), enquanto dormia

Publicado em 8 de setembro de 2017 às 13:30

- Atualizado há 10 meses

. Crédito: Divulgação
A marca do estilista Yves Saint Laurent foi criada junto com Pierre Bergé por Divulgação

Cofundador e diretor durante quase 50 anos anos da marca Yves Saint Laurent, o empresário francês Pierre Bergé morreu na madrugada desta sexta-feira (8), aos 86 anos, enquanto dormia em sua casa, em Saint Rémy de Provence, no sudeste da França. Por meio de um comunicado, a fundação do empresário anunciou que sua morte aconteceu em decorrência de uma "longa doença" que tentava superar.

Casado durante anos com o estilista Yves Saint Laurent (1936-2008), e cofundador da marca que leva o nome do companheiro, Bergé faleceu poucas semanas antes da inauguração de dois museus dedicados ao legado de Saint Laurent, um em Paris e outro em Marrakech.

Nascido na Ilha de Oléron, na costa atlântica da França, Bergé conheceu Saint Laurent em 1958 e, três anos depois, criaram juntos a famosa marca de moda que o empresário dirigiu até 2002. Colecionador de obras de arte, o empresário era uma das personalidades empresariais mais influentes da cena cultural francesa.

Como ativista politico, foi próximo ao Partido Socialista e defensor dos direitos dos homossexuais, sendo que em 1994 se tornou um dos fundadores da associação de luta contra Aids, Sidaction. Já como empresário de mídia, foi o cofundador do Courrier International, em 1990, e da revista gay francesa Têtu, em 1995. Em 2010, se tornou acionista majoritário do grupo que edita o jornal Le Monde.