BAHIA

Janeiro violento: 116 pessoas morreram por arma de fogo

Os óbitos ocorreram em 168 tiroteiros, segundo o Instituto Fogo Cruzado

  • Foto do(a) author(a) Bruno Wendel
  • Bruno Wendel

Publicado em 14 de fevereiro de 2024 às 09:22

Rua em Tancredo Neves amanheceu cheia de cartuchos de balas após guerra entre facções
Cartuchos de balas espalhados nas ruas após confronto de facções rivais Crédito: Arisson Marinho/Arquivo CORREIO

O mês de janeiro fechou com 116 pessoas mortas por arma de fogo na Grande Salvador, segundo o Instituto Fogo Cruzado. Os óbitos ocorreram 168 tiroteios mapeados, que também deixaram outras 36 pessoas feridas. Do total de tiroteios, 67 ocorreram em ações policiais que culminaram na morte de 38 pessoas e deixaram outras 11 feridas, 13 em meio a disputas, com sete pessoas mortas e duas feridas e 13 em meio a perseguições, que vitimaram oito pessoas: cinco morreram e três ficaram feridas. E o ano está só começando.

Confira outros assuntos na coluna (In) Segurança