Motoristas se dividem sobre novidades da Uber para a categoria em 2021

ivan dias marques
30.01.2021, 05:59:00
Atualizado: 05.02.2021, 01:59:20

Motoristas se dividem sobre novidades da Uber para a categoria em 2021

Uber Conta e Uber Chip foram anunciados durante a semana

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Uber lançou, na última quinta-feira (28), novidades para seus motoristas, ou parceiros, como a empresa gosta de chamar. De conta digital a chip de telefonia, o mote da companhia é tentar reduzir custos para eles, já que houve uma redução de viagens coma pandemia do coronavírus, por conta do isolamento e home office, sobretudo.

Antes, porém, a CEO da Uber no Brasil, Claudia Woods, falou sobre os desafios da empresa durante a pandemia. “Inovação. Essa é a nossa palavra. Numa pandemia, como uma empresa como a Uber para? Não para. Tivemos que seguir e nos reinventar”. 

Ela relatou as medidas da companhia, como assistência financeira, reembolso de compra máscaras, limpeza e instalação de divisórias nos veículos e a necessidade de fazer selfie com máscara (para passageiros também) como algumas delas, além do Uber Promo, redução de tarifas-base que divide os parceiros, e do Uber Flash, serviço para entrega de mercadorias. De acordo com Claudia, foram cerca de 750 milhões de viagens com cinco estrelas em 2020.

Para esse ano, o lema da Uber para os motoristas cadastrados é ‘Quem escolhe Uber gasta menos’. Assim, a empresa apresentou a Uber Conta, uma conta digital em parceira como o Digio, e o Uber Chip, um chip para celular em parceria com a operadora Surf.

Segundo Claudia, a Uber Conta irá suprir uma necessidade histórica dos motoristas: repasses “instantâneos” do valor pago pelos passageiros. “Repasses semanais ficaram no passado. Anunciamos, finalmente, essa vantagem, com acesso ao saldo na alma da mão”.

A conta terá tudo que uma conta normal possui, como cartões, saques em banco 24h e TEDs gratuitas, a depender do nível do Uber Pro, o programa de benefícios da empresa, que o motorista possui. 

Já o Uber Chip conta com o suporte da Surf, que possui rede própria e parceria com Oi e TIM, para oferecer planos de telefonia, com direito a navegação gratuita em aplicativos como Waze e Uber Driver, ligações ilimitadas e 9GB para acesso à internet. Os planos custam a partir de R$ 20.

Para o motorista Ivan Ramos Alves, de 41 anos, e motorista da plataforma há quase três anos, as nobvidades são bem interessantes. “A opção da Uber Conta é boa porque você faz a corrida e o dinheiro cai automaticamente, até onde estudei o assunto. Lógico que para fazer vou analisar ainda mais”, opina.

Outro parceiro, que se identifica como Santana, 40, há 3 anos e meio dirigindocom, a plataforma, corrobora. “Isso é ótimo para nós parceiros da Uber! Só pelo fato de o depósito ser no ato do pagamento do passageiro, nos abre mais oportunidades de administrar nossos valores. Pretendo aderir sim”, declara.

Em relação ao Uber Chip, Alves, pela experiência com outras operadoras ainda está um tanto cético. “É uma boa. Mas temos que testar se ela pega sinal em todos os lugares, ainda mais na Região Metropolitana (de Salvador). Já tive Oi e TIM e, em alguns lugares, não pega. Mudei pra claro, que tem um alcance melhor”, explica. “Se ela tiver um alcance legal, vai ser vantagem. Pago entre R$ 140 e R$150 por mês na Claro”.

O colega de trabalho também está reticente. “Acho que deveria ter parceria com a Vivo e Claro também. Eu por exemplo uso um plano da Vivo por conta de cobertura de área já que a mesma é muito difícil nos deixar na mão. Por esse motivo, não pretendo aderir ao plano”, conta Santana.

Em relação à pandemia, ele critica a empresa pelo preço defasado das corridas.  “Atualmente estamos transportando pessoas a preço de transporte público em massa! Sendo que a finalidade do transporte por aplicativos não é essa, a qual eu considero um transporte de excelência”, opina Santana, que também vê desvantagem à categoria com o Uber Promo.
 

Claro oficializa TV Box com mensalidades a partir de R$ 20

Existem certas tecnologias que é como o velho ditado: “se não pode vencê-los, junte-se a eles”. As TV Box chegaram ao mercado brasileiro pelo e-commerce e pelas fronteiras como Paraguai e logo se tornaram sucesso, pois transformavam TVs comuns em Smart TVs, se adaptando melhor aos novos sistemas operacionais e atualizações de aplicativos. Após algum tempo, começaram a aparecer as TV Box nacionais ou aprovadas pela Anatel. A Claro deu um passo à frente na última quinta-feira ao oficializar a Claro TV Box. O aparelho usa a conexão de internet a cabo ou wi-fi para transmitir canais pagos (‘de TV a cabo’) e plataformas de streaming (Netflix, Amazon Prime Video, Disney+, etc.).

As mensalidades começam em R$ 20, pacote básico, e os canais e plataformas são incluídos unitariamente. O pacote mais caro sai um adicional de R$ 59,90. Clientes de outras operadoras podem adquirir o aparelho e serem clientes, mas precisam pagar uma taxa de adesão nada barata: R$ 399. O Claro TV Box já vinha sendo comercializado em algumas cidades desde outubro, mas só agora foi oficializado pela operadora.  

Todo mundo carregando de vez

A Xiaomi, terceira maior vendedora de celulares do planeta, anunciou na noite da última quinta-feira um carregador sem fio para múltiplos aparelhos. Pense aí, você está num lugar com alguns amigos (quando a pandemia acabar, viu?) e o Mi Air Charging Technology pode ser ligado e carregar todos os smartphones sem precisar de fios. A empresa não deu mais detalhes. No texto do lançamento, no Twitter, ela classificou o produto como “outro gigante passo à frente na tecnologia de carregamento sem fio”. 
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas