Cabeça encontrada na Estrada Velha do Aeroporto era de integrante do Baralho do Crime

Cabeça encontrada na Estrada Velha do Aeroporto era de integrante do Baralho do Crime

Diego Leão Mendes, o "Dieguinho", era acusado de tráfico de drogas e de cometer homicídios

Da Redação

A cabeça de um homem encontrada na Estrada Velha do Aeroporto na manhã desta terça-feira (10) foi identificada pela Polícia Civil como parte do cadáver de Diego Leão Mendes, conhecido como "Dieguinho". Acusado de crimes de homicídio e tráfico de drogas, Dieguinho atualmente ocupa a carta 8 de espadas do Baralho do Crime da Secretaria de Segurança Pública.

Dieguinho integrava o grupo de homens mais procurados do estado desde fevereiro deste ano, quando o baralho sofreu uma atualização.

O homicídio é investigado pela titular da 2ª DH/Central, delegada Cleuba Regina Teles, que confirmou a identificação da vítima. De acordo com ela, contudo, ainda não há informações sobre a motivação e a autoria do crime, e o restante do cadáver ainda não foi encontrado. "A cabeça foi localizada agora pela manhã e a investigação ainda está muito precoce para determinar essas questões", explica a delegada, afirmando que na tarde de hoje estará ouvindo a mãe de Dieguinho e outros conhecidos que podem ajudar a desvendar os motivos do homicídio.

A cabeça de Dieguinho foi localizada no bairro de Nova Brasília pela 50ª Companhia Independente da Polícia Militar (Sete de Abril) e removida pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) na manhã de hoje.


Cabeça de Dieguinho, 8 de espadas do Baralho do Crime, foi encontrada hoje