Contrato para segunda linha do BRT será assinado nos próximos dias

salvador
17.07.2017, 17:05:00
Atualizado: 17.07.2017, 17:09:27

Contrato para segunda linha do BRT será assinado nos próximos dias

A implantação do BRT em Salvador é uma das 63 ações que compõem o Salvador Investe, já na área de mobilidade

A licitação para a construção da segunda linha do sistema Bus Rapid Transit (BRT) será lançada ainda este ano. De acordo com o prefeito ACM Neto, o contrato para a concessão dos recursos do governo federal deve ser assinado nos próximos dias pelo Ministro das Cidades, Bruno Araújo.

A informação foi dada pelo prefeito nesta segunda-feira (17), durante o lançamento do Salvador Investe, o terceiro eixo do programa municipal Salvador 360. A implantação do BRT em Salvador é uma das 63 ações que compõem o Salvador Investe, já na área de mobilidade. 

“Nosso principal projeto de mobilidade é o BRT, cuja Linha 1 já esta sendo licitada. Em breve, conheceremos a empresa ou as empresas vencedoras e daremos a ordem de serviço”, afirmou o prefeito. Quando concluído, o sistema BRT ligará a Estação da Lapa até a Estação BRT/Metrô Iguatemi, passando pelas Avenidas Juracy Magalhães e ACM. 

A Linha 1, que do vai Loteamento Cidade Jardim (Parque da Cidade) até a estação de integração BRT/Metrô Iguatemi, com extensão de 2,9 quilômetros, custará R$ 408 milhões. Os recursos são fruto de uma operação de crédito com a Caixa Econômica Federal. Já a Linha 2, cujo contrato será assinado agora, está orçada em R$ 412 milhões. 

O projeto, aprovado pelo Ministério das Cidades, tem 5,5 quilômetros e vai da Estação da Lapa ao Cidade Jardim. O investimento é dividido entre o Orçamento Geral da União (R$ 300 milhões) e o Programa de Financiamento das Contrapartidas do Programa de Aceleração do Crescimento (R$ 112 milhões).

Por fim, a Linha 3 ligará o Parque da Cidade até as imediações do Posto dos Namorados. “Essa linha vai até a Orla, mas ainda estamos discutindo como será o financiamento dela”, disse o prefeito.

Intervenções viárias
As ações de mobilidade do Salvador 360 incluem intervenções viárias como as que já foram iniciadas no Jardim dos Namorados, Imbuí, São Cristóvão e Stiep. As avenidas Almeida Brandão (Paripe), Aliomar Baleeiro (Estrada Velha do Aeroporto) e Cônego Pereira (Aquidabã/Dois Leões) e entorno delas, assim como as ruas Urbano Duarte (Monte Serrat) e Castro Alves (Paripe), são alvo de requalificação viária.

Será construída a nova ligação entre a Avenida Gal Costa e o bairro de Pau da Lima, além da conclusão da Avenida Tamburugy, que vai de Patamares à Avenida Paralela, e da Avenida ACM, que deve ser concluída até o próximo mês. 

O prefeito ainda anunciou investimentos de cerca de R$ 200 milhões de recuperação da base asfáltica da cidade até 2020. “Até o fim de agosto, deixando passar o período de chuva, vamos iniciar as obras. Já fiz um levantamento de pelo menos 30 importantes bases de tráfego da cidade que vão ser recapeadas pela prefeitura”, garantiu ACM Neto.