Drones são apreendidos pela polícia nos três primeiros dias de Carnaval

carnaval
11.02.2018, 16:18:00
Atualizado: 11.02.2018, 16:21:19
(Divulgação)

Drones são apreendidos pela polícia nos três primeiros dias de Carnaval

Os equipamentos não possuíam liberações necessárias para funcionamento

Dois drones que operavam de forma irregular foram apreendidos pelas polícias Militar e Civil durante os três primeiros dias de Carnaval em Salvador. Os equipamentos estavam sendo utilizados no circuito Dodô (Barra/Ondina). 

Os operadores dos drones recolhidos não possuíam as liberações emitidas pelas agências Nacional de Aviação Civil (Anac) e Nacional de Telecomunicações (Anatel). Outros dois equipamentos foram apreendidos, mas liberados depois que os policiais constataram que os responsáveis portavam a documentação dos dispositivos e estavam regularizados. 

"Além das irregularidades junto aos órgãos competentes, as aeronaves não possuíam autorização junto ao sistema de controle de acesso ao espaço aéreo, cedida pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea)", explicou o coordenador do Centro de Controle Operacional da Polícia Civil no Carnaval, delegado Jorge Figueiredo, por meio de nota da Secretaria de Segurança Pública do estado (SSP-BA).

Também por meio de nota, o tenente-coronel da PM Renato Lima, comandante do Grupamento Aéreo da PM, informou que a fiscalização da utilização de drones deve ser feita quando a operação do equipamento coloca em risco a segurança de um voo tripulado. "Desde 2015 que promovemos anualmente um encontro com operadores de drones para esclarecer sobre as regras e regulamentações para a utilização dos equipamentos de forma segura e responsável”, contou o tenente-coronel.