Homem tortura filho de 1 ano, grava ação e ameaça matar mãe da criança

Ação aconteceu nas vésperas do Natal do ano passado

Publicado em 17 de fevereiro de 2016 às 18:13

- Atualizado há 10 meses

Nas vésperas do Natal do ano passado, um homem gravou um vídeo onde aparecia espancando o filho de apenas um ano e nove meses e enviou para a mãe da criança, de 32 anos. O caso aconteceu no Rio de Janeiro.  Homem agrediu filho e filmou a ação(Foto: Reprodução)De acordo com informações do 'Extra', o homem ainda mantinha um relacionamento com a mulher na época em que enviou o vídeo. O registro foi enviado pelo WhatsApp, juntamente com mensagens de ameaça. “Eu vou esperar você sair daí e vou atrás de você para te matar. Ninguém vai ter coragem de ir à delegacia, porque sabem que sou muito violento”, escreveu o homem em uma das ameaças. Em outra mensagem, o homem confirma as agressões à criança. “Dei na cara dele mesmo, dei muito soco mesmo, era para ter matado ele”, afirma. Ainda nas mensagens, o suspeito xinga e ofende a mulher. Com pouco menos de dois minutos, o vídeo mostra ainda a criança chorando durante todo o momento em que as agressões aconteciam. Print de algumas mensagens enviadas pelo agressor(Foto: Reprodução)Em fevereiro, após se mudar da casa onde morava com o agressor, a mãe da criança registrou as ameaças em uma delegacia, na Ilha do Governador. Ela e o filho estão morando na casa da avó materna desde janeiro deste ano.O vídeo foi divulgado no Facebook por um tio da criança. "Muitas pessoas me adicionaram por solidariedade, outras queriam fazer justiça com as próprias mãos, pediam o endereço dele. Eu não dei porque, por mais que a Justiça seja demorada, é a melhor maneira de resolver as coisas", informou ele ao 'Extra'. Ele contou ainda que a mãe da criança já havia sido agredida algumas vezes pelo ex-marido. Ainda segundo o tio do menino, o agressor trabalha na Secretaria estadual de Educação e já trabalhou como professor primário. A pasta, entretando, informou que o funcionário foi afastado.