CEARÁ

Policial de folga é baleado e morto em bar em Fortaleza

Agente de segurança assistia a partida de futebol quando foi surpreendido por homens armados, que dispararam várias vezes contra ele

  • Foto do(a) author(a) Rede Nordeste, O Povo
  • Rede Nordeste, O Povo

Publicado em 13 de maio de 2024 às 07:17

Policial de folga é baleado e morto em bar Crédito: Reprodução/O Povo

Um policial militar de folga foi baleado e morto na tarde deste domingo, 12, em um bar localizado na rua Desembargador Hermes Parahyba, no bairro Vila Velha, em Fortaleza. Segundo o jornal O Povo, o PM morto é o cabo José Heliomar Adriano de Souza Filho, de 42 anos. 

Uma outra pessoa, que trabalhava no local da ocorrência, também foi lesionada pelos disparos e socorrida a uma unidade hospitalar da região, informou a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Conforme moradores da região, o agente de segurança assistia à partida entre Fortaleza e Botafogo no estabelecimento quando homens armados em um carro chegaram e passaram a disparar contra ele.

Uma pessoa que também estava no bar chegou a reagir à ação e atirou contra os criminosos. Moradores relataram ter ouvido uma série de disparos, como em uma rajada.

O policial chegou a ser socorrido para uma unidade hospitalar, escoltado por policiais militares, mas não resistiu. Ainda não há informações se mais pessoas foram atingidas.

O cabo J. Filho, como era conhecido, estava fazendo aniversário neste domingo, 12. Ele foi um dos PMs baleados no Grande Pirambu no último dia 17 de fevereiro.

Por isso, o militar estava afastado em licença de saúde, assim como estava afastado disciplinarmente por determinação da Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública (CGD).

Conforme a CGD, J. Filho e os outros cinco PMs estavam no dia 17 de fevereiro no Pirambu em busca de integrantes da facção criminosa Comando Vermelho (CV) em uma vingança pelo assassinato do soldado Bruno Lopes Marques, morto em 12 de fevereiro, no bairro Carlito Pamplona.

Por isso, J. Filho estaria ameaçado de morte pela facção.

No dia 15 de fevereiro, dois homens foram mortos nos bairros Carlito Pamplona e Cristo Redentor e a CGD suspeita que os crimes foram praticados por PMs em retaliação à morte de Bruno.

Um dos policiais investigados por envolvimento nesses crimes, o cabo Igo Jefferson Silva de Sousa, chegou a ter a prisão preventiva decretada.

Confira nota da SSPDS sobre o caso:

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que as Forças de Segurança realizam diligências com o objetivo de identificar e capturar os suspeitos de envolvimento na morte do cabo da Polícia Militar do Ceará (PMCE), José Heliomar Adriano de Souza Filho, de 42 anos.

O militar estava de folga, quando foi baleado neste domingo (12), no bairro Vila Velha - Área Integrada de Segurança 8 (AIS 8) de Fortaleza.

A vítima não resistiu aos ferimentos e foi a óbito no local, um estabelecimento comercial. Uma outra pessoa, que trabalhava no local da ocorrência, também foi lesionada pelos disparos e socorrida a uma unidade hospitalar da região.

Equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE), do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foram acionadas e realizaram os primeiros .levantamentos no local. A 11ª Delegacia do DHPP está a cargo das investigações.