EM CIMA DO TRIO

Não teve Camarote Andante, mas teve trio sem cordas: 'Dar espaço para o público', diz Brown

No Camarote Andante, Brown costumava cantar a dançar no chão mesmo, na frente do trio

  • Foto do(a) author(a) Carolina Cerqueira
  • Carolina Cerqueira

Publicado em 10 de fevereiro de 2024 às 22:47

auto-upload
Artista seguiu em cima do trio Crédito: Carol Cerqueira/CORREIO

O tradicional Camarote Andante, criado por Carlinhos Brown em 2003, não aconteceu em 2024, mas o Cacique do Candeal levou um trio pipoca para o Cirtuito Dodô (Barra-Ondina) neste sábado (10).

Em entrevista ao Correio, Brown disse que cada Carnaval é uma experiência e que a essência do Camarote Andante continua.

"A essência do Camarote Andante continua porque liderou uma renovação da pipoca. Cada a nós artistas buscarmos novas experiências porque o Carnaval é experimental. O Camarote Andante não é muito diferente do que estamos fazendo aqui porque estamos sem cordas e a ideia é sempre dar espaço para o público", disse.

"A gente está vendo como as cordas estão abaixando. O Carnaval é uma experiência e a gente vai aprendendo junto", acrescentou o artista.

No Camarote Andante, Brown costuma cantar a dançar no chão mesmo, na frente do trio. Seguindo a fala do Cacique do Candeal, o modelo não deixou de ter espaço no trio sem cordas deste sábado. No início do desfile, ele desceu e interagiu com os foliões.

Além de saudar o público, protagonizou um momento especial ao fazer um padê (ritual do Candomblé) na avenida, para "abrir os caminhos", em referência à série de atrasos de trio que ocorreram neste sábado. O artista deu banho de pipoca nos fãs, que aplaudiram o momento.

Agenda especial em 2024

Este ano, Brown conta com uma agenda diferenciada de Carnaval. Ele participou da abertura oficial da festa, no dia 8, que aconteceu na Praça Castro Alves, com encontro de trios com Ivete Sangalo e BaianaSystem, além da participação do Ilê Aiyê, que fez dueto com Brown.

Além de desfilar neste sábado, participa ainda do Circuito Osmar no domingo (11) e do Camarote Salvador no mesmo dia. Na segunda (12) e na terça (13), estará no seu camarote, que estreia este ano.

Como de costume, participa ainda do arrastão na quarta de cinzas, levando o Ilê, Olodum Apaches do Tororó e Os Zárabes, reunindo cerca de 500 percussionistas.

O Correio Folia tem o apoio institucional da Prefeitura Municipal de Salvador