5 dicas para reduzir a sua idade biológica

Cirurgiã plástica explica como hábitos saudáveis ajudam a 'rejuvenescer' e ter uma melhor qualidade de vida

  • Foto do(a) author(a) Portal Edicase
  • Portal Edicase

Publicado em 3 de abril de 2024 às 14:25

Imagem Edicase Brasil
Há pessoas que envelhecem devagar com hábitos saudáveis, outras envelhecem rapidamente por condições médicas ou estilo de vida (Imagem: Cat Box | Shutterstock) Crédito:

Em um mundo em que o conceito de idade transcende simplesmente o número de anos vividos, compreender a complexidade por trás dessa medida pode ser fundamental para uma vida mais saudável e vibrante. Além da idade cronológica, que todos conhecemos, há também a idade biológica, cuja relevância vem sendo destacada por estudos recentes.

Entender essa distinção é o primeiro passo para adotar estratégias que possam reduzir não apenas o número de anos vividos, mas também a idade biológica.

Qual a diferença entre idade biológica e cronológica?

A idade cronológica é contada a partir do tempo decorrido desde o nascimento de uma pessoa, é medida por “anos de vida”, por outro lado, a idade biológica está relacionada ao estado de saúde, mobilidade, vitalidade e diversos outros aspectos do corpo em comparação com a média para a mesma faixa etária.

Enquanto algumas pessoas podem ter uma idade cronológica já avançada e uma idade biológica mais jovem devido a hábitos de vida saudáveis, outras podem viver um envelhecimento acelerado devido a condições médicas ou estilo de vida inadequado.

Como medir a idade biológica?

De acordo com a cirurgiã plástica especialista em rejuvenescimento,Dra. Elodia Avila, idealizadora e apresentadora do podcast “O Segredo da Longevidade”, diferente da idade cronológica que só aumenta, a biológica pode variar bastante.

“A idade biológica não é contada linearmente, como a cronológica, ela pode variar muito devido a vários fatores, como genética, estilo de vida, saúde mental e exposição a estresse. Hábitos saudáveis ajudam a ‘ rejuvenescer ‘ e ter uma melhor qualidade de vida”, diz a especialista.

“Ela é medida pelo que chamamos de biomarcadores, que são diversos, como a telomerase, um exame específico, equilíbrio, mobilidade, saúde mental, cardiovascular, óssea, capacidade visual, auditiva, racional, e muitos, muitos outros. Por isso, é tão complexo ter uma medição exata da idade biológica”, explica a médica.

5 dicas para reduzir a sua idade biológica

Veja, a seguir, algumas dicas para te ajudar a reduzir a sua idade biológica.

1. Siga uma dieta equilibrada

Consuma uma dieta equilibrada, incluindo frutas , vegetais, grãos integrais e proteínas magras, para fornecer nutrientes vitais, e evite alimentos ultraprocessados.

Imagem Edicase Brasil
A prática de exercícios físicos ajuda a reduzir a idade biológica (Imagem: polkadot_photo | Shutterstock) Crédito:

2. Faça atividades físicas

Exercite-se regularmente com atividades aeróbicas como caminhada , corrida ou natação. Inclua também treinamento de força para fortalecer músculos e ossos.

3. Tenha uma rotina de sono

Dê importância ao sono de qualidade, mantendo uma rotina de higiene do sono. Assegure que você tenha de 7 a 9 horas de descanso por noite, essenciais para a renovação celular e equilíbrio hormonal.

4. Evite o estresse

Controle o estresse com práticas relaxantes como meditação, yoga ou respiração profunda. Elas ajudam a diminuir o impacto negativo no corpo e na mente.

5. Tenha hábitos saudáveis

Para evitar o envelhecimento precoce, é crucial evitar hábitos prejudiciais como fumar, consumo excessivo de álcool, uso de drogas e exposição solar sem proteção, alerta Dra. Elodia Ávila.

Por Adriana Quintairos