CULTURA

Bembé do Mercado celebra 135 anos com programação especial em Santo Amaro

Manifestação cultural e religiosa é considerada o único candomblé de rua do mundo

  • Foto do(a) author(a) Alô Alô Bahia
  • Alô Alô Bahia

Publicado em 11 de maio de 2024 às 11:36

Bembé do Mercado
Bembé do Mercado Crédito: Fernando Barbosa/IPAC

Com uma programação especial, o ‘Bembé do Mercado’ completa 135 anos. Os festejos acontecerão entre os dias 13 e 19 de maio, no município de Santo Amaro, com shows, feiras, rodas de conversa, oficinas, exposições, gastronomia, empreendedorismo e mais. O “Bembé do Mercado” é uma manifestação cultural que teve início em 1889, por meio do Babalorixá João de Obá, como uma homenagem aos orixás em celebração ao fim da escravidão.

A celebração também é considerada uma obrigação religiosa para agradecer a Iemanjá e Oxum, bem como uma tradição dos pescadores que oferecem presentes à Mãe D’Água em gratidão pelas pescarias. Antes de chegar à Festa no Largo do Mercado de Santo Amaro, os terreiros participantes da celebração têm uma preparação com rituais sigilosos de religiões de matriz africana. Já na rua, o Povo de Santo se reúne em um cercado fechado e é acompanhado pela população da cidade e visitantes.

“Estamos realizando uma intervenção significativa, unindo esforços para além da celebração e visando também iniciativas educativas envolvendo crianças, adultos e idosos de Santo Amaro. Serão promovidas conversas sobre racismo e reconstrução do patrimônio cultural, além de oferecer cursos profissionalizantes em áreas como corte e costura, audiovisual e culinária afro, todos relacionados à cultura popular. Nós, defensores do ‘Bembé’, estamos extremamente felizes com o crescimento e união que estão ocorrendo em prol da celebração”, destaca o Babalorixá José Raimundo Lima Chaves, conhecido como Pai Pote, que também é presidente da Associação Bembé do Mercado.

Bembé do Mercado

O Bembé do Mercado é considerado o único candomblé de rua do mundo, manifestação cultural e religiosa, com início em 13 de maio 1889 por iniciativa de João de Obá e seus filhos-de-santo com um Xirê pelo fim da escravidão. A Associação Beneficente Bembé do Mercado é a organização de direito privado que reúne aproximadamente 65 terreiros de candomblé, com a finalidade de preservar os ritos e preceitos presente no Bembé do Mercado. A festa foi reconhecida como Patrimônio Imaterial do Município de Santo Amaro em 2010; do Estado, em 2012; e Patrimônio Cultural Nacional, em 2019.