Alívio para o Verão: seis linhas de ônibus passam a ter veículos com ar-condicionado

salvador
04.01.2022, 05:15:00
(Paula Fróes/CORREIO)

Alívio para o Verão: seis linhas de ônibus passam a ter veículos com ar-condicionado

Ao todo, 35 coletivos climatizados foram entregues

Quem pega buzu em Salvador sabe bem como é a rotina em dias quentes: calor lá em cima, um abafamento só e gotas de suor escorrendo por todo corpo. Uma situação que deve passar a ser menos comum, já que 35 novos ônibus com ar-condicionado começaram a circular em seis diferentes linhas da capital baiana desde segunda-feira (3).  

As contempladas pelos novos veículos foram a 1005 – Lapa x Itapuã/Praia do Flamengo, 1007 – Lapa x Terminal Aeroporto/Jardim das Margaridas, 1372 – Jardim Nova Esperança/Vilamar x Comércio/Lapa e a 1405 – Estação Pirajá x Cajazeiras 8, que são operadas pela OTTrans. 

Além destas, a 1645 – Alto de Santa Terezinha x Pituba e 1604 – Base Naval/São Thomé/Escola de Menor x Lapa, operadas pela concessionária Plataforma, também ganharam ônibus climatizados para amenizar o clima quente da capital.

(Paula Fróes/CORREIO)
(Paula Fróes/CORREIO)
(Paula Fróes/CORREIO)
(Paula Fróes/CORREIO)

Xô calor!

A notícia animou a bartender Daiara Castro, 25 anos, que mora em Águas Claras e cruza a cidade para trabalhar na orla no início da tarde, quando as temperaturas estão lá em cima. “Pego ônibus para estação Pirajá, metrô para Lapa e daqui para o trabalho na orla, nesse horário. Quando está no verão é complicado. Agora vai melhorar o caminho, né? Menos agonia pra gente”, comemorou ela, que pode pegar tanto a linha 1007 como 1005 para chegar onde quer.

Quem também pode optar por esses veículos é a recepcionista Lisandra Santana, 20, moradora do Cabula. Ela comemorou a novidade e disse que, a partir de agora, vai aparecer arrumada no trabalho, no Rio Vermelho, sem suor para afetar o look escolhido antes de sair de casa. “É muito quente e acaba com o pessoal. Assim, com ar-condicionado, fica melhor para todo mundo. Faz uma diferença grande porque, quando tá sem, a gente chega desfeita, suada e toda derretida no nosso destino”, brincou ela.

Lisandra vai se livrar do abafamento com os novos ônibus (Foto: Paula Fróes/CORREIO)

Enquanto quem pega ônibus todo dia ganhou um novo motivo para sorrir, quem não entrava em um desde o início da pandemia teve um retorno mais agradável. José Pedro de Souza, 61, desempregado, também ficou contente em saber do ar-condicionado. “Tô retornando agora, vou experimentar pela primeira vez. Vai ser ótimo para nós, pois é mais confortável. Pagamos e merecemos condições melhores no transporte. Espero que isso chegue logo para mais linhas”, afirmou. 

No caso das linhas 1007 e 1045, com o adicional, toda a frota que presta serviços nelas agora é climatizada.

Quando tem mais?

Titular da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), Fabrizzio Muller afirma que a escolha por essas linhas para ganhar novos ônibus não foi à toa. “Isso faz parte de uma renovação planejada. Nós identificamos as linhas mais necessitadas, com ônibus mais velhos e que, como a 1405, não têm troca desde 2012, precisam muito da renovação”, explicou ele.
 

Novos ônibus fazem parte de processo de renovação (Foto: Paula Fróes/CORREIO)

Ao todo, a cidade tem 274 veículos de transporte coletivo climatizados. Com esse adicional, a frota de Salvador, formada por 1.852 ônibus, passa a ter 14,79% deles com ar-condicionado.

Segundo Fabrizzio, ainda nesse mês, mais 64 ônibus com ar-condicionado passarão a circular na cidade. Esses fazem parte dos 169 comprados em 2021. Para 2022, no entanto, ainda tem mais. “Até o fim deste ano, temos a previsão de chegar em, aproximadamente, 170 ônibus novos equipados com ar-condicionado. Isso fora os 64 que estão previstos para janeiro e os do BRT”, pontuou o secretário.

*Com orientação da chefe de reportagem Perla Ribeiro

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas