Autores de 'Coração cachorro' cedem 20% de autoria para James Blunt

entretenimento
14.11.2021, 15:45:00
(Reprodução/Redes Sociais)

Autores de 'Coração cachorro' cedem 20% de autoria para James Blunt

O forró atingiu o topo das mais tocadas e tem no refrão um trecho da canção “Same Mistake” de Blunt

Os autores do hit “Coração cachorro”, conhecido na voz de Ávine Vinny e Matheus Fernandes, fizeram acordo amigável com o cantor inglês James Blunt e irão ceder 20% dos direitos autorais da música para o britânico. O forró lançado neste ano, que atingiu o topo da lista das mais escutadas no País, tem no refrão, um trecho da canção “Same Mistake” de Blunt, sucesso internacional no ano de 2007.

O acordo extrajudicial entre os seis autores de “Coração cachorro” com o cantor britânico foi anunciado pela Universal Music, gravadora que junto com a empresa cearense Medalha Editora, é responsável pelos direitos dos compositores da canção. A Sony Editora que representa Blunt também já havia confirmado as negociações.

“A obra foi composta por seis autores, dos quais controlamos quatro (66,67%) através da editora Medalha. Os outros dois autores (33,33%) pertencem à editora A3. Os mesmos aceitaram ceder 20% devido à citação da obra do James Blunt (Sony Publishing). Tudo acordado de forma amigável”, informa o comunicado da Universal.

Em outubro, o cantor inglês havia postado um vídeo divertido em suas redes sociais “descobrindo” o sucesso nas vozes de Ávine Vinny e Matheus Fernandes. “Amei! Coisa boa! Vocês vêm sempre aqui? Eu sou da Inglaterra. Arrasaram! Vejo vocês no bar”, brincou Blunt que aparece tentando dançar durante o vídeo.

Na legenda da publicação, no entanto, o cantor já tinha avisado em tom de brincadeira: “Parabéns pelo número 1, caras! Vou mandar meus dados bancários em breve!”, escreveu o inglês. Na época, não se sabia ainda se Blunt realmente iria reivindicar a coautoria da música.

Os autores do forró já haviam admitido a inspiração, mas negaram que "Coração cachorro" seria um plágio de "Same Mistake". Atualmente, apenas no YouTube, a faixa nas vozes dos cearenses, ultrapassa 69 milhões de visualizações.


Originalmente publicado em O Povo.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas