Brasil dá sorte e cai no grupo mais fácil da Copa América

esportes
24.01.2019, 20:31:00
Atualizado: 28.01.2019, 13:14:18
Grupos da Copa América foram sorteados no Rio (Mauro Pimentel/AFP)

Brasil dá sorte e cai no grupo mais fácil da Copa América

Seleção enfrentará Bolívia, Venezuela e Peru; veja todos os grupos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A seleção brasileira deu sorte no sorteio da Copa América, realizado na noite desta quinta-feira (25) na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro. Sob os olhares atentos do técnico Tite, a cerimônia apontou Bolívia, Venezuela e Peru na chave do Brasil. A estreia, dia 14 de junho, no Morumbi, será diante dos bolivianos.

Por ser o país-sede, o Brasil foi previamente colocado como cabeça de chave do Grupo A e já sabia o roteiro na competição. Faltava apenas a definição dos adversários. E, durante a cerimônia, coube ao colombiano Francisco Maturana definir quem será o adversário da seleção na estreia: ele tirou a Bolívia do pote 4.

A tabela do grupo do Brasil (Foto: Reprodução / Twitter Copa América)

O jogo seguinte da Seleção, pela segunda rodada da fase de grupos, será contra a Venezuela, na Fonte Nova, dia 18 de junho. E o Brasil fecha a participação na primeira fase com outra partida em São Paulo, onde enfrentará o Peru, na Arena Corinthians, dia 22. Caso avance para o mata-mata, depois pode jogar na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, no Mineirão, em Belo Horizonte, e a final no Maracanã, no Rio. 

A Argentina ficou no Grupo B, junto a Colômbia, Paraguai e Catar. Já o Uruguai, outro cabeça de chave, disputará a primeira fase no Grupo C, considerado o mais difícil do torneio, ao lado de Equador, Japão e Chile.

A competição acontece de 14 de junho a 7 de julho, em cinco cidades. Caso se classifique em primeiro lugar no seu grupo e chegue à final, a seleção brasileira jogará em todas elas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas