Caíque assume falhas: 'Não vou ficar lamentando, de conversinha'

e.c. vitória
16.05.2018, 21:31:00
Atualizado: 17.05.2018, 09:42:14
Caíque deixa bola passar antes de Bruninho aproveitar para fazer o gol (Paulo Soares/O Estado)

Caíque assume falhas: 'Não vou ficar lamentando, de conversinha'

Goleiro assumiu erros e pediu apoio do torcedor

A derrota do Vitória para o Sampaio Corrêa, por 3x0, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Nordeste, teve duas falhas de Caíque. Destaque negativo da partida, o goleiro não fugiu das entrevistas após o confronto e justificou os erros.

"No primeiro gol, eu esperei a bola quicar para poder pegar, mas o campo estava muito encharcado. Errei, falhei. Acontece. Vida de jogador é isso. Tem que matar um leão por dia", explicou o jogador. "É levantar a cabeça e trabalhar. Não vou ficar lamentando, de conversinha. Preciso ter personalidade. Não tenho o que falar. Futebol é isso aí. Sei que é difícil esse momento, sempre querem arranjar uma desculpa, mas não. Eu errei, falhei. Agora é esperar o jogo de volta e contar com o apoio da torcida, que vai ser muito importante", disse ao Esporte Interativo.

Antes de deixar o campo, o zagueiro Ramon também se pronunciou e se queixou do gramado do estádio Castelão, em São Luís. "Sabíamos que o campo não ia favorecer nosso time, mas não acabou ainda. Temos 90 minutos. É difícil reverter o resultado, mas não vamos desistir", resumiu.

O jogo de volta será na quinta-feira (24), às 19h, no Barradão. Para garantir vaga na semifinal, o Leão precisa vencer por quatro gols de diferença. Caso devolva os 3x0, a disputa será nos pênaltis. Vale lembrar que o Nordestão tem gol qualificado e, portanto, triunfo rubro-negro por 4x1 ou 5x2, por exemplo, classifica o Sampaio Corrêa.