CBF terá economia milionária após venda de aviões e outros bens

esportes
24.05.2022, 17:00:00
(Lucas Figueiredo/CBF)

CBF terá economia milionária após venda de aviões e outros bens

Veja os valores aprovados em assembleia na sede da Confederação

A CBF aprovou, em Assembleia Geral Extraordinária realizada na manhã desta terça-feira (23), a venda de um avião, um helicóptero, um carro de luxo e duas salas comerciais localizadas no centro do Rio de Janeiro. A medida, que permitirá à entidade economizar pelo menos R$ 12,5 milhões por ano, era uma promessa de campanha do presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, eleito em 23 de março para administrar a entidade por quatro anos.

A proposta foi aprovada por unanimidade pelos representantes das 25 federações estaduais de futebol presentes à Assembleia e aptos a votar. O representante da federação do Pará não pode votar por uma pendência jurídica e a federação do Mato Grosso não enviou representante. Agora será iniciado o processo de venda.

O avião é um Cessna 680 Citation Sovereign (prefixo PP-AAD) ano 2009, com capacidade para nove passageiros e comprado em 2009. No ano passado, o então presidente Rogério Caboclo iniciou uma negociação para vendê-lo por US$ 6,5 milhões (cerca de R$ 31,4 milhões), mas o negócio não foi concluído.

O helicóptero é um Augusta A109S, ano 2010, de quatro lugares, avaliado em US$ 3 milhões (R$ 15 milhões) em sites especializados, e comprado em 2011. O carro é um Mercedes-Benz E 500, blindado, ano 2009, que vale R$ 162 mil segundo a tabela Fipe. Além disso, a entidade vai vender duas salas comerciais em um prédio na rua Visconde de Inhaúma, no centro do Rio de Janeiro.

A venda desses bens deve render entre R$ 50 milhões e R$ 60 milhões. Durante a assembleia, Rodrigues afirmou que pretende usar o valor arrecadado para investir em estrutura de estádios e no futebol feminino.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas