Com proposta do Bahia, zagueiro Léo decide ficar no Cruzeiro

esportes
10.01.2020, 16:20:00
Atualizado: 10.01.2020, 16:29:23
Ídolo do Cruzeiro, Léo quer participar da reconstrução do clube (Vinnicius Silva/Cruzeiro)

Com proposta do Bahia, zagueiro Léo decide ficar no Cruzeiro

Ídolo do clube mineiro, jogador era cotado no Esquadrão

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Alvo do Bahia, o zagueiro Léo decidiu que vai permanecer no Cruzeiro em 2020. Nesta sexta-feira (10), o defensor concedeu entrevista e garantiu que quer participar da reconstrução do clube mineiro, rebaixado à Série B no ano passado e atolado em dívidas.

“Eu permaneço no clube. Tive uma conversa com a diretoria tanto ontem quanto hoje, confirmando que foi algo legal. Quero fazer parte da reconstrução do clube. Por respeito, identificação e por gostar do clube, decidi ficar e fazer parte dessa reconstrução”, explicou o zagueiro de 30 anos.

Léo está na Raposa desde 2010 e, com a camisa azul, disputou 380 jogos e marcou 21 gols. Como recebe salário acima do teto estipulado pelo Cruzeiro para a atual temporada, existia a possibilidade do zagueiro deixar o clube. O Bahia apareceu como um dos interessados e fez proposta de empréstimo até o final do ano, mas o defensor descartou.

“Tive realmente propostas para sair, em outros anos também, mas decidi permanecer no Cruzeiro. Sei que são momentos peculiares, nos quais, com certeza, precisaremos de todos os torcedores. Sei da mágoa e da tristeza, mas com união e paciência, e o torcedor entendendo e reerguendo o clube, são coisas que vão ajudar", continuou o zagueiro.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas