Conheça três novos restaurantes que oferecem comida fit deliciosa

bazar
20.03.2019, 06:00:00
(Foto: Renato Santana/CORREIO)

Conheça três novos restaurantes que oferecem comida fit deliciosa

Oca, Della Terra e Healthy trazem opções sem açúcar branco, glúten e lactose

Às vezes, parece até difícil comer fora e, ao mesmo tempo, manter uma dieta saudável. Em meio a tantas opções calóricas, como hambúrgueres, pizzas e acarajés, encontrar um restaurante que ofereça ingredientes mais  benéficos à saúde e que não prejudiquem a dieta pode ser uma verdadeira missão.

Siga o Bazar nas redes sociais e saiba das novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, decoração, tecnologia, pets, bem-estar e as melhores coisas de Salvador e da Bahia:

Por isso, te ajudamos: fomos atrás de três locais que têm essa pegada mais fit. E o melhor: todos são fresquinhos na capital, tendo aberto suas portas há menos de um ano. Descubra-os.

Cadastre seu e-mail e receba novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, decoração, pets, tecnologia, bem-estar, sexo e o melhor de Salvador e da Bahia, toda semana:

Healthy por Victoria Cintra
Victoria Cintra já atendia encomendas de doces  saudáveis - feitos com ingredientes como leite de coco,  farinha de amêndoas e xilitol - há um ano, pelo Whatsapp. “Mas as pessoas começaram a querer os pedidos na hora, em pronta entrega”, lembra. Foi aí que surgiu a ideia de ter um espaço próprio, com as delícias já oferecidas por ela. No fim de janeiro, surgia a Healthy.

A tortinha Bicho do Pé é feita com ingredientes como farinha de amêndoas e xilitol
(Foto: Renato Santana/CORREIO)

Lá, há dois formatos. Primeiro, tem as opções ‘to go’, já prontas. O cliente pode pegar, pagar e decidir se come no restaurante ou leva para outro lugar. As comidas variam de acordo com o dia - por exemplo,  quiche de camarão (R$ 16), de brie com cebola (R$ 15) e coxinha low carb (R$ 18).  

A torta de coco é outra opção doce e do dia do lugar
(Foto: Renato Santana/CORREIO)

O outro formato é o cardápio. Há tapiocas, crepiocas, omeletes, cuscuz... Dá ainda para montar um toast (torrada), com pão low carb ou de fermentação natural (finalizado com presunto de parma e  geleia de abacaxi com pimenta sai por R$ 28), pedir uma pizza individual (R$ 30) e até mini burger (de picanha ou grão de bico - 2 unidades custam R$ 24 e 4 unidades, R$ 45).  

Quem quiser almoçar pode pegar o prato executivo (R$ 38), que muda todo dia. Para saber qual, é só consultar no Instagram ou perguntar ao garçom.

A Healthy fica no Ondina Apart Hotel
(Foto: Renato Santana/CORREIO)

Não poderiam faltar, claro, os famosos doces de Victoria. Tortas e bolos ficam expostos em uma vitrine, variando, também, de acordo com o dia - como a tortinha Bicho de Pé (R$ 17). Mas há sempre as delícias fixas, como o crepe de chocolate com doce de leite (R$ 32)  e açaí sem xarope nem açúcar (R$ 19).

Vá lá
Ondina Apart Hotel, loja 30 - na Av. Oceânica, 2400, Ondina. De terça a domingo, 9h-20h. Instagram: @healthyporvc.

Della Terra Organic & Gourmet
Filhos e esposa com intolerância a lactose. Sogra, que não pode comer glúten. Para achar um restaurante que atendesse a toda a família, Márcio Quintella penava. Foi aí que surgiu a Della Terra Organic & Gourmet. 

O espaço é completamente sem glúten
(Foto: Renato Santana/CORREIO)

“Somos 100% sem glúten - não usamos nada de trigo. Também não utilizamos leite com lactose. Nossos doces são sem açúcar branco”, diz. Comandado por ele e pela esposa, a advogada Renata Azi, o local está aberto desde outubro. 

Os doces são feitos sem a utilização do açúcar branco
(Foto: Renato Santana/CORREIO)

No cardápio,  itens como tapiocas, crepiocas e omeletes, hambúrgueres (o de costela com gorgonzola e cebolas caramelizadas sai por R$ 29,90); saladas (a de rúcula, maçã caramelizada e brie custa R$ 29,80); pratos principais (o risoto de quinoa e tomate cereja tem valor de R$ 33,80); sobremesas e até pizzas de massa de farinha de arroz (a grande, com oito fatias, de frango e ervas, é R$ 62,90). 

Há a opção de escolher comidas do cardápio...
(Foto: Renato Santana/CORREIO)

Das 11h30 até 15h, ainda rola um bufê a quilo (R$ 69,90). “Ele é natural, sem enlatados e sempre com duas opções para vegetarianos e duas para veganos”. 

...ou do bufê a quilo, que rola das 11h30 às 15h
(Foto: Renato Santana/CORREIO)

Ao lado do restaurante, está o Armazém Fit Store, loja com produtos vendidos a granel, ingredientes fit, whey proteins, chás...

Por lá, há ainda uma lojinha, o Armazém Fit Store
(Foto: Renato Santana/CORREIO)

Acha que acabou? Nos planos futuros do casal estão um rodízio de pizzas (que começará em breve), congelados para levar e um cardápio maior.  

Vá lá
R. Território do Acre, 250, Pituba.  De segunda até domingo, 8h-22h. Instagram: @dellaterraorganicgourmet.

Oca
Um lugar que oferecesse comidas saudáveis a preços acessíveis, com sabor gostoso e que saciassem. Desse objetivo, nasceu a Oca. “Queremos mostrar que esse tipo de alimentação é, sim, para todos. Existe um bloqueio de algumas pessoas, de acharem que será caro, que não vai ser saboroso... Não é assim”, diz João Pedro Alves, um dos sócios, ao lado de Bernardo Teixeira e Rafael Teixeira, amigos há mais de 15 anos. 

No menu, há tapiocas, saladas, sanduíches, sucos e cumbucas, entre outros
(Foto: Renato Santana/CORREIO)

A ideia funcionou: em sete meses, o trio abriu duas casas. A primeira surgiu em julho de 2018, na Rua Rio de Janeiro. Em fevereiro deste ano foi inaugurada a segunda unidade, na Av. Paulo VI. Ambas na Pituba. 

O visual dos pratos impressiona. A tapioca tem opções que vão além da tradicional versão branca. Dá para escolher se você quer rosa, amarela, verde e até imitando melancia ou pitaya.

Em sete meses foram abertas duas unidades da Oca
(Foto: Renato Santana/CORREIO)

“Toda a pigmentação é natural - por exemplo, para ficar rosa, usamos beterraba”, conta João Pedro. A de frango, creme de ricota, alface americana, tomate uva e cebola roxa custa R$ 13,90. Com carne seca, banana-da-terra, queijo coalho e pimenta calabresa, R$ 15,90.

Outra opção que chama a atenção é a cumbuca, que pode ser com creme de cacau (R$ 18,90), cupuaçu (R$ 17,90), morango (R$ 18,90) ou açaí (R$ 19,90). Cada um tem sua finalização, com itens como tapioca com melaço, manjericão e nibs de cacau. 

A salada Carijó sai por R$ 22,90
(Foto: Renato Santana/CORREIO)

No menu, há ainda shakes, sucos, sanduíches (com mix de cogumelos, rúcula, creme de ricota, cebola caramelizada e tomate uva custa R$ 13,90 na versão menor e R$ 23,90 na maior) e saladas (R$ 22,90 é o valor da Carijó, com mix de folhas, frango, pepino, tomate uva, mussarela de búfala, molho pesto, cebola roxa e manjericão).

Vá lá
Rua Rio de Janeiro, 252, Pituba. De segunda a sexta, 8h30-21h30; e na Av. Paulo VI, 1573, Pituba. De segunda a sexta, 11h-22h, e aos sábados e domingos, 15h-22h. Instagram: @oca_ssa.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas