Da Argentina aos EUA: veja quanto custa o carro mais vendido em cinco países

mundo
29.01.2022, 06:14:00
Na Alemanha, maior mercado de automóveis da Europa, carro mais vendido no ano passado foi o Volkswagen Golf (Fotos: Divulgação)

Da Argentina aos EUA: veja quanto custa o carro mais vendido em cinco países

Sedãs dominaram na Argentina e no México, picapes nos Estados Unidos. Saiba quais os líderes na Alemanha e no Japão

Campeã de vendas entre os automóveis e comerciais leves no Brasil em 2021, a Fiat Strada somou 109.107 emplacamentos. O utilitário deixou o Hyundai HB20 (86.455) na segunda posição e o Fiat Argo (84.644) em terceiro. A versão mais barata da Strada custa R$ 90.990

A tendência de ter carros mais caros no topo não é apenas brasileira, o mesmo acontece em alguns dos maiores mercados de automóveis do mundo. 

Confira a seguir quais foram os modelos mais vendidos em outros cinco países e quanto custa a versão mais barata de cada veículo. 

Alemanha
Maior mercado automotivo da Europa, a Alemanha não teve mudanças na liderança. O Volkswagen Golf somou 91.621 unidades licenciadas em 2021 e foi seguido por outros dois modelos da marca: T-Roc (57.424) e Tiguan (55.527).

Mais vendido na Alemanha, o Golf mais barato lá custa o equivalente a R$ 174.776

A opção mais barata do hatch médio no país custa 28.500 euros, que corresponde a R$ 174.776.

Argentina
No mercado vizinho, o Fiat Cronos liderou com 37.435 emplacamentos. O sedã é produzido na Argentina, assim como a Toyota Hilux (27.072) e Volkswagen Amarok (18.655), respectivamente, segundo e terceiro colocados.

Na Argentina, o Cronos mais barato custa o correspondente a R$ 112.803

A versão mais barata do Cronos por lá é a Attractive com motor 1.3. Nessa opção, o sedã custa 2.171.900 pesos argentinos, que equivale a R$ 112.803. No Brasil, essa versão do carro custa R$ 82.490, ou seja, mesmo sendo produzido na Argentina o Cronos custa aqui cerca de R$ 30 mil a menos.

Estados Unidos
Foram emplacados 15.079.182 automóveis e comerciais leves nos Estados Unidos no ano passado. Nesse mercado, as picapes da Série F, da Ford, foram as mais vendidas. 

A Ford F-150 mais barata custa o equivalente a R$ 163 mil nos EUA

726.004 exemplares do utilitário, entre as configurações F-150, F-250, F-350 e F-450, ganharam as ruas do país no ano passado. As picapes Ram somaram 569.388 emplacamentos e a Chevrolet Silverado 529.765.

A opção mais barata entre as picapes da Ford é a F-150, que custa a partir de 29.990 dólares - o equivalente a R$ 163 mil.

Japão
Em 2021 os japoneses preferiram o Toyota Yaris, que conquistou 212.927 compradores. Na sequência, vieram Honda N Box (188.940) e o Daihatsu Hijet (141.399), todos oriundos de empresas do país.

Mais vendido no Japão, o Yaris é diferente do brasileiro, e oferecido por 1.455.000 ienes (R$ 69.252)

Diferente do modelo produzido no Brasil, onde há uma variante sedã, o Yaris é vendido apenas com carroceria hatch no Japão e custa inicialmente 
1.455.000 ienes, que representam R$ 69.252.

México
A Nissan é a líder de vendas no México, e o Versa foi o automóvel zero-quilômetro mais emplacado no país no ano passado. Foram 69.775 unidades comercializadas em 12 meses.

No México, o Versa mais barato é oferecido pelo equivalente a R$ 75.315

A Nissan também ficou com a segunda posição com a picape Frontier (47.884) e a Chevrolet ficou em terceiro lugar com o Aveo (37.039).

No México, a versão mais barata do Versa é comercializada por 285.900 pesos, correspondente a R$ 75.315. O sedã vendido no Brasil é importado do México.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas