Defesa diz que Rose Miriam, ex de Gugu, 'Passa necessidade'

sua diversão
20.02.2020, 22:38:00
(Foto: Reprodução )

Defesa diz que Rose Miriam, ex de Gugu, 'Passa necessidade'

Disputa pela herança do ex-apresentador ganhou mais um capítulo

A disputa judicial entre a médica Rose Miriam, mãe dos três filhos de Gugu Liberato, e a família do ex-apresentador ganhou mais um capítulo nesta quinta-feira (20).

Os advogados que representam a família de Gugu divulgaram comunicado afirmando que Rose recebeu 500 mil dólares e uma mansão em São Paulo, avaliada em R$ 6 milhões, quando o apresentador ainda era vivo.

"Apesar dos comentários de estar passando por dificuldades financeiras além de uma casa de alto padrão em Alphaville que recebeu do apresentador em fevereiro de 2012, avaliada em torno de R$ 6 milhões, em uma área de 1.020m2 e com 898m2 de área construída, a Dra. Di Matteo é empresária muito bem-sucedida no olhar do governo americano. Graças ao investimento de cerca de US$ 500 mil dólares feitos por Gugu Liberato em seu nome no Orlando City Soccer, ela recebeu o Green Card (documento que permite estrangeiros viverem legalmente nos Estados Unidos)", diz a nota.

Os advogados de Rose Miriam também se manifestaram e rebateram as acusações. Segundo eles, Rose foi coagida a ir à leitura do testamento poucas horas após o enterro do apresentador.

"Sobre a casa de Alphaville, vale registrar que era administrada por Gugu Liberato, que também cuidava da declaração de Imposto de Renda de Rose Miriam. A casa sequer consta na declaração de IR dela, pois, segundo informações, era apenas para usufruto", dizem em nota os advogados Nelson Wilians e João Manssur.

"Hipocritamente, chegam a dizer que ela é uma empresária bem sucedida nos Estados Unidos. Rose se dedicava UNICAMENTE à educação e criação dos filhos. É público e notório que foi o falecido apresentador que providenciou investimentos nos Estados Unidos para que a família obtivesse o Green Card. Toda a gestão desse processo foi realizada por Gugu Liberato. Sem nenhuma interferência de Rose Miriam. Bem sucedido era o falecido apresentador, não Rose Miriam", afirmam.

Morte de Gugu
O apresentador Gugu Liberato morreu em 21 de novembro de 2019, aos 60 anos, em Orlando, na Flórida (EUA) onde tinha uma residência. Ele havia sido internado em um hospital após sofrer um acidente na casa onde morava, mas nã resistiu aos ferimentos.

Em seu testamento, Gugu Liberato previu a divisão do seu patrimônio em 75% para os três filhos, que teve com Rose Miriam di Matteo, e os outros 25% para seus cinco sobrinhos - uma fortuna de cerca de R$ 250 milhões.

A mãe de Gugu, dona Maria do Céu, receberia uma pensão, assim como a ex-companheira, Rose Miriam di Matteo, mãe dos filhos do apresentador. Rose também tenta participar da partilha, mesmo a contragosto dos filhos.

Em entrevista recente ao programa Fantástico (TV Globo), Maria do Céu disse que Gugu e Rose Miriam “nunca tiveram nada um com o outro”. Apesar da declaração, no último dia 2, Rose, que ganhou em primeira instância direito a uma pensão de R$ 100 mil, divulgou carta falando do relacionamento com Gugu.

Diz ela que os dois foram muito felizes por todos esses anos, especialmente os últimos, morando nos Estados Unidos. Afirma ainda que Gugu foi "um querido e zeloso pai e marido".

Ex-namorado do apresentador, o chef brasileiro Thiago Salvático, que vive na Alemanha, afirma que teve uma relação estável de 8 anos com Gugu. O patrimônio do apresentaor é avaliado em R$ 1 bilhão.

Leia também: Gugu era gay? Sua morte revelou uma vida de aparências

Segundo a coluna Direto da Fonte, do jornal O Estado de S. Paulo, Salvático, inclusive, já buscou o escritório de advocacia Traldi e Saggiori para representá-lo no processo de inventário de Gugu.

Os advogados Patricia Saggioro Leal e Mauricio Traldi, sócios do escritório, representam Salvatico no inventário. Além disso, Saggioro confirmou o relacionamento: “Thiago foi sim companheiro de Gugu”.

Leia também: Saiba quem é Thiago Salvático, apontado por jornalista como affair de Gugu

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas