Em tempos de quarentena, saiba como manter o corpo ativo em casa

bem-estar
28.03.2020, 09:15:00

Em tempos de quarentena, saiba como manter o corpo ativo em casa

Alunos e professores não abriram mão dos encontros (inclusive de turmas) durante isolamento

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Nas semanas em que se ouviu recomendações para ficar em casa, evitar espaços públicos e, se possível, adaptar o trabalho ao home office, a única alternativa para muitas pessoas foi passar o dia se revezando entre estar sentado ou deitado, ora em frente ao computador ou celular, ora diante da TV. Mesmo aqueles que trocaram as telas por livros, atividades manuais ou jogos de tabuleiro, se mantiveram nesse revezamento.

Quem já está nesse esquema há quinze dias deve estar se perguntando até quando o corpo aguentará com tanto sedentarismo. Para mudar essa realidade, mesmo fechadas, dezenas de academias têm orientado alunos e o público em geral pela internet - a iniciativa é também de alguns intrutores e educadores físicos. Se falta equipamento em casa, as ferramentas para orientar as pessoas a se virarem com o que têm são muitas: lista de transmissão no Whatsapp, destaque nos Stories, tranmissões ao vivo no Instagram e até mesmo videoconferências. No fim desta reportagem, reunimos algumas opções para você passa a seguir a partir de agora.

Acostumada a fazer atividade física desde pequena, a publicitária Helena Moura, 25 anos, deu logo um jeito. Há duas semanas, quando ouviu as primeiras notícias sobre o coronavírus, deixou de ir à academia que frequenta de segunda a sábado, duas horas por dia, e passou a se exercitar em casa. "Nos primeiros dias, cheguei a subir e descer as escadas aqui do prédio, mas agora, só estou estendendo meu tapetinho na sala de casa e me exercitando aqui dentro", explica. 

Portadora de asma, e portanto pertencente ao grupo de risco, Helena tomou a decisão antes mesmo de o poder público suspender o funcionamento das academias, no dia 18. " É um espaço onde tem muita troca de fluido, e como costumo frequentar nas primeiras horas da manhã, minha turma tem muitas idosas. Tirei isso da minha vida, infelizmente, mas estou tentando ter uma rotina em casa", complementa.

Helena Moura estende o tapete na sala de casa e acompanha exercícios no YouTube (Foto: Acervo Pessoal)

Vitalidade
Mais que uma vontade, manter a rotina dos exercícios físicos durante a quarentena é uma necessidade tanto para o corpo, quanto para a mente.  "Estar em casa não é desculpa para não se exercitar, muito pelo contrário. Em isolamento acabamos consumindo muita informação pelas telas e ficamos, a maior parte do tempo, sentados ou deitados. Por isso, a prática de exercício é vital", alerta Juliana Rocha, 38, sócio-fundadora do Biocentrum e responsável pela equipe de professores de pilates do estúdio.

Desde o fim de semana, ela vem pesquisando o que fazer para manter suas alunas de pilates ativas. "Na segunda, já não abri o estúdio, mas comecei a pensar formas de continuar o trabalho, porque tenho esse compromisso com a saúde das pessoas", explica.

A alternativa encontrada foi gravar quatro vídeos de aproximadamente quatro minutos cada, com movimentos e sugestões de séries de repetições, que preenchem uma hora de aula. Todo o material, que é repassado em uma lista de transmissão no Whatsapp, foi preparado levando em conta alguns cuidados. "Peguei um repertório que eles já conhecem, que a maioria já praticou, e que eles podem fazer em segurança sozinhos. Me coloquei a disposição para dúvidas e retornos. É uma aula conhecida deles, mas não é uma aula básica. Sugiro séries de vinte repetições, então dá para suar e sentir que trabalhou", conta Juliana, que contraindica os exercícios para quem nunca praticou ou tem alguma limitação física.

"Durante o isolamento, qualquer atividade que movimente o corpo é válida. Não recomendaria o mínimo a ser feito, minha recomendação é que a pessoa se movimente, escolhendo aquele horário que é mais orgânico para ela. No estúdio de pilates, as pessoas vão mais de manhã cedo ou no fim do dia, por conta do trabalho, da rotina. Em casa, isso pode mudar. O mais importante é: pare, dedique um tempo a isso. Pode ser durante o expediente de home office, dar uma alongada durante 20 ou 30 minutos, e depois voltar ao trabalho" - Juliana Rocha, sócio-fundadora do Biocentrum


Conexão
Com fotos e vídeos, as alunas dão prova de que as aulas têm mesmo surtido efeito. Aliás, essa conexão do grupo, que mesmo em isolamento consegue estar próximo na rotina e nos objetivos, é um dos grandes benefícios de iniciativas como essa. Afinal, quem não gosta daquele empurrãozinho que uma companhia geralmente dá na hora da atividade física?

Alongamento entre atividades cotidianas é muito importante durante isolamento domiciliar (Foto: Shutterstock)

Até aulas de modalidades que dependem de contato e coletividade, como crossfit, fitdance e biodança, estão sendo realizadas através de videochamadas compartilhadas. A facilitadora Hilda Nascimento, 61 anos, mobilizou seus quase sessenta alunos para seguir fazendo aulas pela internet. "A biodança é um trabalho em grupo e uma abordagem terapêutica, uma ação de movimento e contato, e conseguimos manter esses princípios mesmo em isolamento. Fizemos até playlists, pensando em músicas que nos inspirem a atravessar esse momento de medo, ansiedade e angústia que estamos enfrentando. Música leva a movimento, e o movimento muda a compreensão de tudo", explica Hilda.

Para quem faz pilates, musculação, ou qualquer outra atividade que requeira equipamentos e aparelhos especializados, não tê-los em casa não é um entrave. A estudante Carol Costa, 35 anos, tem usado  pacotes de açúcar no lugar dos halteres. Para não fazer nenhuma adaptação equivocada, contratou o personal que já a acompanha na academia para monitorá-la à distância. "Os exercícios foram adaptados ao tamanho dos cômodos e aos materiais que eu já tenho.Eu já tinha uma bola de pilates e ele prescreveu atividades que eu já fazia na academia, com o uso da bola. Meu treino dura 1h em média e eu mantive o mesmo horário que vou à academia. Meu instrutor fica online no Whatsapp para dúvidas, e pede para ver como está minha postura por fotos e vídeos", explica.

 Apesar de ter pensado as aulas para quem não tivesse nenhum tipo de faixa, bola ou caixote em casa, Juliana garante que se fosse necessário adaptar elevações ou superfícies móveis também seria possível. "Joseph Pilates, o inventor do método, criou os aparelhos pensando muito no mobiliário doméstico", ressalta.


CONFIRA LISTA DE ACADEMIAS E INSTRUTORES DE SALVADOR QUE ESTÃO DANDO AULA ABERTAS PELA INTERNET DURANTE A QUARENTENA:

Aplicativo
BitFIT Bodytech -
 Acesso gratuito até  31 de março, podendo ser prorrogado. Os interessados devem acessar o site da plataforma https://bt.fit ou baixar o aplicativo BTFit em uma das lojas virtuais (Apple Store e Google Play). Depois é só se cadastrar, através de um e-mail e senha, e começar a treinar. As aulas coletivas das modalidades Ballet Fitness, Yoga, Abdominal, Mat Pilates, 20 Minutes Workout e Cardio Dance duram de 15 a 30 minutos. 
 

Instagram

@redealphafitness - Programação semanal, de segunda a sexta, das 6h30 às 19h30, com  aulas de diversas modalidades (consultar horários e professores no feed da página). Desde segunda-feira (23),com aulas especiais para os pequenos, ministradas pelos professores da Rede às segundas (funcional, às 17:30) e quartas (fitdance, às 17:30). 
@villa_salute - Conteúdos no feed com exercícios voltados pra iniciantes e para pessoas já condicionadas fisicamente  
@hammeracademia - Programação semanal das 8h às 18h30, com diversas modalidades de atividade (consultar horários e professores no feed da página)
@vitesse.me - Conteúdos no feed com propostas de exercícios aeróbicos, alongamentos e meditações, além de lives de mentalização de segunda a sexta, às 19h.
@julidematosyoga - Transmissões ao vivo com práticas de yoga, diariamente, às 7h30
@njfuncional / @neicardosopersonal - Tranmissões ao vivo de musculação e treinamento funcional, todos os dias, às 19h
@pequilibrio_wellness - Vídeos no feed e nos stories com práticas de yoga e exercícios de fortalecimento em casa

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas