Escolhidos destaques entre empresas juniores da Bahia 

bahia
23.02.2018, 22:30:00

Escolhidos destaques entre empresas juniores da Bahia 

Premiação é iniciativa da  Federação de Empresas Juniores da Bahia (UNIJr-BA)

Dez iniciativa foram escolhidas como  empresas júniores de destaque no mercado baiano em 2017 e foram agraciada com o Prêmio Impacto, que homenageiam aquelas que se destacaram nas áreas de projetos, gestão e cultura empreendedora.  A decisão foi anunciada na noite desta sexta-feira (23) no Teatro da Universidade do Estado da Bahia (Uneb). A realização é da Federação de Empresas Juniores da Bahia (UNIJr-BA), que avaliou os mais de 600 projetos realizados pelas 42 empresas juniores federadas em 2017.

São cinco categorias ao todo. Na ‘Referência’, voltada para a empresa júnior (EJ) mais engajada com a rede, foram cinco premiadas, de acordo com o nível de desenvolvimento em que se encontram. Na categoria Referência Cluster 1 foi a ADV Jr, do curso de direito da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Cluster 2 Praxis, empresa júnior de engenharia e arquitetura da Unifacs, Cluster 3, a Eletro Jr, Empresa júnior de Engenharia Elétrica da Ufba, Cluster 4, Engetop, empresa júnior de Engenharia Civil da Ufba, e na Cluster 5, a Adm Ufba, empresa júnior de administração da Ufba. 

Na ‘Destaque’, que premia aquela com maior desenvolvimento por projetos e número de projetos, foi escolhida a Cimatec Jr, do Senai Cimatec; ‘Revelação’, empresa júnior federada em 2017 que mais impactou a Bahia e desenvolveu seus membros, foi a Consultagro, do curso de Agronomia da Universidade Federal de Feira de Santana (UEFS); ‘Incubadora’, que reconhece aquela que mais contribuiu para os resultados da rede a escolhida foi a Nej Feira, Núcleo de Empresas Juniores de Feira de Santana, por fim, o Prêmio AMBEV de Alto Impacto, destinada à EJ que possui o maior índice de todo o estado, a premiada foi a Engetop.

“O Prêmio Impacto mostra o resultado gerado para a sociedade, já que premia as EJs que mais se destacaram no ano de 2017, além de reconhecer as que seguiram o propósito da UNIJr-BA, que é transformar a sociedade por meio da vivência empresarial e da realização de projetos”, relata Daniel Hymer, presidente da UNIJr-BA. Na edição deste ano, mais de 600 projetos realizados pelas 42 empresas juniores federadas em 2017 foram avaliados.