Ex-Bahia, goleiro Jean é afastado do São Paulo por indisciplina

esportes
19.03.2019, 17:01:45
Atualizado: 19.03.2019, 17:14:47
Jean treinará em separado no tricolor paulista (Rubens Chiri/São Paulo)

Ex-Bahia, goleiro Jean é afastado do São Paulo por indisciplina

Descontente com reserva, goleiro abandonou uma reunião comandada pelo técnico interino Vagner Mancini, ex-Vitória

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O ato de indisciplina cometido por Jean na última segunda-feira (19) custou caro para o jovem atleta. Isso porque nesta terça-feira (19), um dia após o acontecimento, o goleiro do São Paulo foi afastado do elenco principal pela direção do clube paulista. Revelado pelas categorias de base do Bahia, Jean vai treinar em turno separado do grupo principal e está fora do jogo da próxima quarta-feira (20), contra o São Caetano, pelo Campeonato Paulista.

Todo o problema começou depois de uma reunião convocada pelo técnico interino do São Paulo, um velho conhecido da dupla Ba-Vi: Vagner Mancini, que está no comando do clube até que Cuca, treinador efetivo do clube, se recupere de uma cirurgia que fez no coração.

Mancini convocou a reunião após a derrota contra o Palmeiras no último sábado (16), resultado que deixou o São Paulo como o time de pior campanha dentro da zona de classificação para as quartas de final do Paulistão. Antes mesmo do treinador finalizar o encontro, Jean abandonou a reunião. Ele se sentiu incomodado por ter sido cobrado pelo treinador mesmo sem estar jogando: neste ano ele disputou uma única partida, contra o São Bento, quando o São Paulo jogou com o time reserva. E isso já faz mais de um mês.

Ex-Vitória, Vagner Mancini é técnico interino do São Paulo (Foto: Rubens Chiri/São Paulo)

A reunião, realizada sem a presença da imprensa, foi conduzida pelo técnico interino Vagner Mancini. O tom foi de cobrança após a derrota no clássico. Na conversa, Mancini elogiou a postura de alguns jogadores nesse momento de crise do São Paulo - o clube é o único grande que corre risco de ficar fora da fase mata-mata - e fez observações em relação ao comportamento de outros atletas. Jean se sentiu incomodado por ser cobrado mesmo sem estar jogando e deixou a reunião antes do final. 

Jean também não treinou após a reunião. Após a atividade, o goleiro Tiago Volpi conversou longamente com os outros reservas no centro do gramado.

Jean foi comprado do Bahia no começo de 2018, por R$ 6 milhões. Apesar do alto investimento, o arqueiro ainda teve uma sequência na meta tricolor, algo era esperava acontecer neste ano, após a saída de Sidão para o Goiás. No entanto, vem sendo preterido por Tiago Volpi desde o começo da atual temporada, na qual disputou apenas três partidas, contando com a Copa Flórida.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas