Ex-jogador do Arsenal teve prejuízo de R$ 50 milhões com apostas

esportes
14.09.2021, 16:48:00
Atualizado: 14.09.2021, 16:55:01
Paul Merson esteve no elenco da Inglaterra que jogou a Copa do Mundo de 1998 (Foto: Reprodução )

Ex-jogador do Arsenal teve prejuízo de R$ 50 milhões com apostas

Revelação foi feita durante entrevista a um programa de TV

Ex-atacante do Arsenal e da seleção da Inglaterra, Paul Merson revelou que está tendo problemas para se livrar do vício em apostas. Durante entrevista ao programa de TV britânico 'Good Morning Britain', ele desabafou e disse que sofreu um prejuízo de sete milhões de libras (cerca de R$ 50 milhões). 

"Foi assustador durante o lockdown. O meu cérebro ficava me falando que eu tinha dinheiro suficiente para conseguir o depósito para a casa, para nos livrar do aluguel. Eu ficava assistindo o noticiário o tempo todo. Como viciado, eu preciso ficar assistindo coisas. É difícil para mim parar de assistir. As notícias me consumiam (...) O vício fala com você e ficava me dizendo 'nós não vamos sair dessa, estamos em lockdown para sempre, já era'", iniciou ele. 

“Eu precisava conseguir a casa e a única forma de fazer isso foi com as apostas. Eu perdi tudo. Foi triste. Mas foi do meu coração. Eu cheguei nesse ponto", completou. 

Paul Merson explicou que uma das dificuldades para se livrar do vício é a facilidade de acesso às casas de apostas através de aplicativos no celular. 

"Eu tenho um cassino no meu bolso. Eu tenho um cassino 24 horas por dia. É o meu telefone. Instalei um aplicativo pelo qual pago um ano e corta tudo relacionado a jogos que eu instalar no celular", afirmou. 

Paul Merson fez carreira no Arsenal entre 1987 e 1997. Ele passou ainda por clubes como Middlesbrough, Aston Villa e Portsmouth, antes de se aposentar no Tamworth FC em 2006. O atacante fez parte da seleção inglesa que disputou a Copa do Mundo de 1998, na França. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas