Federalismo e municípios

artigo
18.05.2018, 01:10:00

Federalismo e municípios

Eduardo Hassan é presidente da Associação dos Procuradores do Município do Salvador

O art. 1º da Constituição Federal de 1988 aduz que a República Federativa do Brasil é formada pela união indissolúvel dos estados e municípios e do Distrito Federal. Observe-se que o Brasil é uma federação. O município é ente estatal autônomo, os artigos 29, 29-A e 30 institucionalizaram o princípio da autonomia municipal ao descrever detalhadamente como será regido por sua própria lei orgânica, como serão eleitos seus governantes, tratando sobre o controle dos gastos públicos e trazendo expressamente suas competências.

A proposta de reforma tributária, nos moldes apresentados, com a extinção do ISS, é inconstitucional, porque ofende o princípio federativo, que é uma das cláusulas pétreas do sistema constitucional. No modelo político adotado pelo Brasil na Carta Magna, qual seja, o federalismo, os entes federados têm autonomia financeira, política e administrativa, havendo repartição de competência entre as esferas de governo, que compreendem a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios.

Essa autonomia não pode ser objeto de deliberação, porque se trata de medida tendente a abolir a forma federativa de Estado. É o que se depreende do art. 60, § 4º, inciso I, da Constituição Federal. O relator da proposta de reforma tributária, baseando-se no sistema europeu, sugere a criação do Imposto Sobre Valor Agregado - IVA, que substituirá o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), o PIS, o Pasep, a Cofins, a Cide-Combustíveis, todos tributos federais; o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), estadual, e o Imposto sobre Serviços (ISS), que é municipal.

Não há possibilidade de existência do Estado sem os tributos, essenciais para manutenção da máquina pública, além da importância para a economia da nação. Dessa forma, percebe-se que a reforma tributária necessita de maior equilíbrio quanto ao ônus tributário. É preciso uma simplificação que facilite o entendimento do contribuinte quanto à incidência do imposto e o motivo pelo qual deve pagá-lo. Contudo, a reforma não pode, com o objetivo de simplificar, ignorar o sistema federativo nacional e extinguir o ISS, ignorando a Constituição Federal e reduzindo a autonomia financeira dos municípios.

A matéria é de suma importância e foi fator motivador para evento que reunirá procuradores municipais e auditores fiscais do Nordeste nos próximos dias 24 e 25 de maio, em Salvador, no Wish Hotel da Bahia. O Congresso Regional de Direito Municipal trará para debate esses e outros pontos que abordam a crise do federalismo em nosso país e a autonomia dos municípios frente à Reforma Tributária em discussão e outros adendos que vêm sendo alvo de proposição de leis e emendas.


Eduardo Hassan é presidente da Associação dos Procuradores do Município do Salvador


Relacionadas
Correio.play
Além disso, 455 pessoas foram conduzidas para depoimentos e outros 266 apreendidos
Ler Mais
Não há previsão de quando o serviço vai ser retomado
Ler Mais
Confira seis projetos que apoiam pacientes com câncer de mama em Salvador
Ler Mais
Cartão contém os dados do estudante, o endereço do local, a data e hora da aplicação da prova,
Ler Mais
Para acompanhar demanda, produção de caprinos cresce quase 8% na Bahia; conheça os benefícios dos produtos
Ler Mais
Veja dicas para manter sua reputação profissional nas redes sociais sem deixar de expor suas ideias
Ler Mais
Especialistas em empreendedorismo dão dicas de como definir metas, estudar o cenário e desenvolver um bom planejamento pensando no ano que vem
Ler Mais
Estilo Montessoriano favorece o desenvolvimento da criança desde os primeiros anos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-video-eduardo-bolsonaro-diz-que-nunca-defendeu-fechar-stf/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bolsonaro-se-alguem-falou-em-fechar-o-stf-precisa-consultar-psiquiatra/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/desinformacao-deliberada-ha-de-ser-combatida-diz-rosa-weber/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/fhc-diz-que-declaracoes-de-filho-de-bolsonaro-cheiram-a-fascismo/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/basta-um-soldado-e-um-cabo-para-fechar-stf-disse-filho-de-bolsonaro/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/tse-prepara-anuncio-de-medidas-de-combate-as-fake-news-neste-domingo/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/startups-do-desafio-acelerese-mostrarao-o-quanto-evoluiram-em-12-semanas/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/espetaculo-do-mundo-bita-chega-a-salvador-cheio-de-novidades/