Fifa vai permitir que árbitros encerrem jogos em casos de racismo

esportes
11.07.2019, 14:12:33
Atualizado: 11.07.2019, 14:35:11
Gianni Infantino é presidente da Fifa ((Foto: AFP))

Fifa vai permitir que árbitros encerrem jogos em casos de racismo

Entidade publicou novo código disciplinar nesta quinta (11)

O novo Código Disciplinar da Fifa, que foi tornado público nesta quinta-feira (11), vai permitir que os árbitros suspendam um jogo de futebol por incidentes racistas, podendo até mesmo dá-lo por encerrado e atribuir a derrota à equipa infratora. Depois de quase 15 anos sem grandes alterações, a entidade quer dar mais poder aos juízes e acabar com os problemas relacionados ao racismo nos estádios.

O código, desenvolvido após consulta das seis confederações de futebol e outras entidades relacionadas, introduz modificações significativas em áreas como o racismo e a discriminação que, segundo a Fifa, colocam a entidade liderada pelo suíço Gianni Infantino "na linha de frente do combate a este ataque aterrador aos direitos humanos fundamentais".

"A menos que existam circunstâncias excepcionais, se uma partida for abandonada pelo árbitro por causa de conduta racista e/ou discriminatória, será atribuída a derrota à equipa infratora", afirmou a Fifa em seu novo Código Disciplinar.

A medida pode ser aplicada depois de o árbitro aplicar o "procedimento de três etapas" para tais incidentes, o que inclui solicitar um anúncio público para exigir que tal comportamento pare, suspender a partida até que esses comportamentos parem e, finalmente, abandonar a partida definitivamente.

A entidade estipulou castigos mais pesados para jogadores e outros responsáveis que se envolvam em abusos racistas, duplicando de cinco para 10 jogos o período de suspensão, e vai criar painéis de juízes para ouvirem as vítimas de racismo e discriminação.

O novo Código Disciplinar será aplicado inicialmente apenas nas competições oficiais da Fifa, incluindo as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, que será realizada no Catar.
 


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ministerio-publico-fara-pericia-em-barragens-de-pedro-alexandre-e-coronel-joao-sa/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cadeirante-pega-ponga-em-busu-perde-o-controle-e-cai-em-avenida-veja-video/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/padre-marcelo-rossi-sobre-empurrao-fui-salvo-foi-um-milagre/
Sacerdote foi agredido enquanto presidia uma missa no último domingo (14)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/gravado-em-salvador-dvd-de-luan-santana-sera-lancado-no-globoplay/
Álbum estará disponível na integra no dia 23 de agosto
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/gravida-e-transferida-de-helicoptero-em-cidade-onde-barragem-rompeu-na-ba-video/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/volante-do-atletico-mg-se-aposenta-aos-32-por-problemas-cardiacos/
Adílson teve cardiomiopatia hipertrófica diagnosticada em exames de rotina
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/banda-agentes-do-metro-anima-publico-nas-estacoes-de-salvador-assista/
Composto por seguranças que são músicos, grupo faz sucesso
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/mam-reabre-suas-portas-com-novos-espacos-que-integram-programacoes/
Investimento no complexo cultural foi de R$15 milhões durante os seis anos de reforma
Ler Mais