Flamengo, Santos e Athletico-PR abrem as oitavas da Libertadores

esportes
24.11.2020, 12:00:00
Gabigol está recuperado de um problema físico e reforça o Flamengo (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Flamengo, Santos e Athletico-PR abrem as oitavas da Libertadores

Times entram em campo nesta terça-feira (24) pelos jogos de ida do torneio continental

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O mata-mata da Libertadores vai começar. Nesta terça-feira (24), três times brasileiros entram em campo pelos jogos de ida das oitavas de final. Entre eles, o atual campeão Flamengo, que enfrenta o Racing em Buenos Aires. O Santos também joga fora de casa, contra a LDU, em Quito. Já o Athletico-PR recebe o vice-campeão de 2019, o River Plate, em Curitiba.

À frente do rubro-negro carioca, Rogério Ceni fará sua estreia como treinador em uma edição do torneio, após faturar dois títulos como goleiro do São Paulo (1993 e 2005). Gabigol e Filipe Luís, que se recuperaram recentemente de problemas físicos, foram relacionados. Já o atacante Pedro, o zagueiro Rodrigo Caio e o volante Thiago Maia são desfalques.

Será a primeira vez na história que o Fla pega o Racing na Libertadores. O rival, aliás, vive momento conturbado, após quatro derrotas consecutivas no Campeonato Argentino e a saída iminente do ídolo Diego Milito da diretoria. Ceni alerta: “não podemos ficar nos iludindo pelos últimos resultados”. O jogo será às 21h30, no El Cilindro.

Antes, às 19h15, o Santos pega a LDU no Casa Blanca. O local será um dos desafios do Peixe, já que há altitude de 2.850m. O outro será o surto de covid-19 sofrido pelo alvinegro. Titulares, João Paulo e Madson são desfalques, assim como o técnico Cuca, que se recupera da doença - o auxiliar Marcelo Fernandes comanda. Por outro lado, Marinho, vice-artilheiro do Brasileirão, com 12 gols, está confirmado. 

No mesmo horário, 19h15, o Athletico-PR encara o River na Baixada. O Furacão vem de quatro vitórias seguidas no Brasileiro, mas pega um rival que tem 77% de aproveitamento em 2020. 

“Se você conseguir eliminar um dos principais candidatos ao título, certamente a moral se elevará, e o nível de confiança também irá para cima. Agora, vai ser muito difícil”, disse o treinador Paulo Autuori. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas