Morre aos 80 anos a atriz Yoná Magalhães; relembre trajetória

Famosos
20.10.2015, 10:45:00
Atualizado: 20.10.2015, 15:35:34

Morre aos 80 anos a atriz Yoná Magalhães; relembre trajetória

Yoná estreou como atriz em 1954, na rádio e TV Tupi e fez papéis renomados na dramaturgia brasileira

A atriz Yoná Magalhães morreu na manhã desta terça-feira (20), em decorrência de problemas cardiológicos. Ela estava internada desde o dia 18 de setembro no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) da Casa de Saúde São José, no Rio de Janeiro. 

Morre aos 80 anos a atriz Yoná Magalhães; relembre trajetória
(Foto: TV Globo)

Yoná, que completou 80 anos em agosto deste ano, estreou como atriz em 1954, na rádio e TV Tupi. Ela teve um filho com o produtor Luis Augusto Mendes, Marcos Mendes, e morou temporariamente na Bahia. Em Salvador, ela participou do grupo de teatro A Barca, formado por ex-alunos do Grande Teatro, na TV Itapoã. Ela também participou dos filmes 'Deus e o Diabo na Terra do Sol' e 'A Rosa de Deus', do cineasta baiano Glauber Rocha.

Yoná Magalhães como Kátia em “O Grito” (1975-1976)
(Foto: Divulgação/TV Globo)

Yoná Magalhães também foi a primeira mocinha do casting da Rede Globo.Entre os seus grandes trabalhos na televisão está o seu papel na novela 'Eu Compro Essa Mulher', de 1966, onde fez par romântico com o ator Carlos Alberto.

Ao todo, Yoná participou de 50 novelas e seriados, além de atuar nas minisséries "Engraçadinha... Seus Amores e Seus Pecados", em 1995, e em "Grande Sertão: Veredas", em 1985. Ela teve papéis memoráveis nas novelas "Tieta", "Roque Santeiro", "A Próxima Vítima", "Saramandaia", "Senhora do Destino", "Paraíso Tropical" e, recentemente, a novela "Sangue Bom" em 2013.   

Com Carlos Alberto em “A Ponte dos Suspiros” (1969). E como Adriana em “O Semideus” (1973-1974)
Como Fátima em “Cuca Legal” (1975). E como Grace em “Amor com Amor se Paga” (1984)
Como a japonesa Suzuki em “A Sombra de Rebeca” (1967). E como Tonha em “Tieta” (1989-1990)
Como Valentina em “Meu Bem Meu Mal” (1990-1991). E como Talita Borges em “Sinal de Alerta” (1978-1979)
Como Virgínia Batista em “Paraíso Tropical” (2007). E como Índia do Brasil em “O Outro” (1987)
Na capa do LP Vida Nova (1989). E como Zélia Tavares em “Saramandaia” (1976)
Como Glória Pais em “Sangue Bom” (2013). E como Carmela Ferreto em “A Próxima Vítima” (1995)

Além de talentosa, Yoná também se tornou conhecida pela sua beleza. O sucesso como a personagem Matilde, dona da boate na novela Roque Santeiro, lhe rendeu um convite para posar nua. Aos 49 anos, ela foi capa da revista masculina Playboy, em fevereiro de 1985. A data e o horário do enterro da atriz ainda não foi divulgado.

Yoná Magalhães na Playboy (Foto: Reprodução)
Aos 49 anos, Yoná foi capa da revista masculina Playboy
(Foto: Reprodução)

Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/temer-ressalta-forca-e-estabilidade-das-instituicoes-em-pronunciamento/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/sessao-do-tj-ba-e-suspensa-apos-confusao-e-retirada-de-advogado/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/confira-o-clipe-da-cantora-argentina-lali-em-parceria-com-pabllo-vittar/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/voce-sabia-que-o-ford-mais-vendido-na-america-do-sul-e-feito-na-bahia/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/mostra-multimidia-homenageia-os-40-anos-do-correio/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/igreja-transmite-momento-em-que-pastor-e-baleado-em-culto-veja/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/camera-de-shopping-flagrou-conversa-de-empresario-que-matou-jogador-e-testemunhas/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/prepare-a-maratona-cinco-series-da-netflix-para-ver-apos-o-enem/