Pirão, rámen e pizza de croissant: conheça novas delícias da Pituba

bazar
20.02.2019, 15:13:26
Atualizado: 20.02.2019, 16:46:13

Pirão, rámen e pizza de croissant: conheça novas delícias da Pituba

Pirão com fila na porta, Rámen escondidinho e pizza com massa de croissant: três novidades que você não pode perder

O Rei do Pirão

Pirão com camarão ao molho é campeão de pedidos do Rei do Pirão (Fotos: Renato Santana)

Antes de mais nada: o pirão está só no nome. A grande estrela da casa é o purê de aipim. Cremoso, encorpado e com queijo massaricado em cima, ele costuma sair acompanhado de camarão ao molho (de tomate suave) ou carne do sol. A primeira opção, em tamanho P, individual, custa R$ 41. A G, para entre duas e três pessoas é R$ 65 e a F (de família) é R$ 210 e serve entre seis e oito pessoas. A fila de espera para uma das 96 mesas chega a uma hora e meia.

O de carne do sol é o segundo mais pedido

O empresário Carlos Alexandre, abriu a loja da pituba em 30 de novembro, menos de um ano depois de ter inaugurado sua primeira loja, na Boca do Rio. O movimento superou a expectativa e, na Boca do Rio mesmo, ele precisou se mudar para uma loja maior. “Tinha 20 mesas, com dois meses e meio a situação já estava insustentável. Mudamos para um local com 60. E continua tendo fila”, conta Carlos.

Detalhe para a vinagrete de tomate verde, que vem com molho de ervas: toque especial

Tudo começou num bate-papo entre amigos. “Visitei um amigo e ele me convidou para abrir um restaurante a quilo. Achei muito comum, não quis. Em minha outra empresa, uma produtora de eventos, notava que o escondidinho sempre fazia muito sucesso. Aí resolvi apostar nessa versão do purê do lado da proteína como carro-chefe”, relembra. E deu certo. Ao todo, nas três lojas (além das que ficam na Pituba e na Boca do Rio, há uma unidade em Simões Filho), são utilizadas mais de seis toneladas de aipim por mês. Até março Lauro de Freitas também vai ter um Rei do Pirão para chamar de seu.

Mar de Rosas é drinque mais pedido no rei do Pirão: xarope de morango e soda

O motivo do sucesso? “Acho que o conjunto. Além da comida boa, com preço justo, o atendimento faz o diferencial. A gente bate um parabéns bem festivo no aniversário dos clientes, quando tem fila eu boto caldinho de aipim pro pessoal que fica esperando...”, diz Carlos.

Cadastre seu e-mail e receba novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, decoração, pets, tecnologia, bem-estar, sexo e o melhor de Salvador e da Bahia, toda semana:

Vá lá
De terça a domingo, de 11h às 22h. Av. Octávio Mangabeira, em frente ao Jardim dos Namorados e ao lado do Colégio Integral. Tel.: 71 3023-4450. Instagram: @reidopirao.

Beckel's Creative Pizza

Tudo começou com uma fornada de croissants que deu errado. “Perdi o tempo da massa, que ficou num formato estranho. Ainda assim, botei pra assar. Achei que ficou parecendo pizza, então testei alguns recheios e ficou bom”, conta o chef Gabriel Beckel, que se especializou em confeitaria internacional no Instituto Mausi Sebess, em Buenos Aires.

Brownilla é milkshake de baunilha com brownie, chantilly, ganache de chocolate colombiano e morangos (R$ 32,90) e pizzas de costela e Nutty

A massa é incrível, realmente folhada, levemente amanteigada e crocante. As pizzas só são vendidas em fatias, ao preço de R$ 14,90 cada. O sabor campeão de pedidos é o Ribs BBQ (mussarela, costelinha de porco desfiada, molho barbecue, cebola caramelizada, bacon e cebolinha). Justíssimo. Outra campeã é a Top Cheese que une mussarela, catupiry, gorgonzola e Grana Padano: é uma surra de queijo. Até a frango com catupiry tem um toque especial: manjericão.

A pizza Mush, de cogumelos na manteiga, é deliciosa

Mais refinadas, leves e sem perder o sabor, a Mush (mussarela, shitake e shimeji na manteiga, alho poró, cebola e salsinha) e a Sweet Pepper (mussarela, queijo brie, geleia de pimenta, rúcula e nozes) não devem nada, em sabor, às opções pornograficamente gordurosas.

O milk shake Peanut, de amendoim, é doce, mas não enjoa

As sobremesas são vistosas. Gabriel tem bagagem no assunto: era sócio do Nonna Café, na Av. Paulo Sexto, que ficou conhecido pelas sobremesas gigantes e milk shakes de litro. A mais pedida, Extreme (R$ 32,90) é brownie quente com Nutella, morangos, avelãs, sorvete de creme e calda de chocolate e satisfaz duas formigas.

O milk shake Peanut (300 ml, R$ 22,90), que mistura pasta de amendoim e pedaços de paçoca, surpreende por não ser enjoativo. Palavra de quem não aguenta nem ver brigadeiro de paçoca.

Frango com catupiry e manjericão

O restaurante, que abriu em 18 de dezembro, funciona no esquema de fichas, com consumo registrado individualmente.

Vá lá
Todo dia, de 18h às 23h30. Rua das Rosas, 198. Instagram: @beckelspizza.

Nemukta

Você já comeu rámen de barriga de porco crocante? Se ainda não, só tenho duas coisas a te dizer. A primeira é: coma, é uma maravilha. A segunda: vá ao Nemukta, único lugar onde ouvi falar que tem a iguaria em Salvador. Trata-se de macarrão (lembra o de miojo, mas não é junkie), fatias de pança suína, cebolinha, gergelim e alga nori. A proteína pode ser substituída por lombo ou mix de cogumelos. Mas recomendo fortemente a primeira opção. Custa R$ 30, lembra uma sopa bem temperada, e é prato individual.

Rámen é tipo um macarrão com bastante caldo: saboroso, temperado e levemente apimentado (Fotos: Victor Villarpando)

“Começou porque eu quis fazer um agrado para clientes antigos da casa, que sempre me pediam porque sentiam saudades. Acabou entrando pro cardápio. Quero, cada vez mais, ter esse tipo de coisa: pratos japoneses diferentes”, conta o chef argentino Rodrigo Avila, 31.

Do país vizinho veio também o nome do restaurante, aberto há pouco mais de um ano. “Significa alimento no idioma falado pelos indios Hurpes, originais do lugar onde eu morava na Argentina, a região de Mendoza”, diz Rodrigo.

Os pokes são os outros pontos altos do menu. O que mais sai é o Noronha, que é arroz, salmão, camarão, cream cheese, manga, abacate, sunomono, cebola, molho de maracujá, chips de batata doce e cebolinha. Outro que bomba é o Ubatuba, mistura de arroz, camarão crocante, shimeji, cream cheese, abacaxi, morango, tomate-uva, molho de manga, nirá e couve crocante. A porção de 400g de ambos sai a R$ 39.

O poke Ubatuba, do Nemukta

Entre as sobremesas, o Não Deveria (R$ 18) reina. Mistura banana, morango, doce de leite argentino, suspiro, nozes e calda de chocolate. “Era uma sobremesa de larica minha de quando era adolescente”,  lembra ele.

Cabem até 20 pessoas sentadas no lugar que, além de cartão de crédito, aceita Alelo Refeição. Delivery tem taxa de R$ 3 para Pituba, Itaigara e Caminho das Árvores.

Vá lá
Terça a domingo, de 18h às 22h30. R. Santa Catarina, 210. Tel.: 71 3561-6010. Insta: @nemukta.

Siga o Bazar nas redes sociais e saiba das novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, decoração, tecnologia, pets, bem-estar e as melhores coisas de Salvador e da Bahia:

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas