Salvador recebe 83 novos respiradores para pacientes com coronavírus

coronavírus
20.04.2020, 16:57:00
Atualizado: 20.04.2020, 16:57:22
Anuncio foi feito na Central Municipal de Logística de Salvador (Daniel Aloisio/CORREIO)

Salvador recebe 83 novos respiradores para pacientes com coronavírus

Aparelhos serão destinados aos leitos de UTIs viabilizados pelo executivo municipal

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Na luta contra o coronavírus, os respiradores são elementos chaves que garantem a chegada de oxigênio no sangue dos pacientes que possuem o quadro da síndrome do desconforto respiratório agudo (SDRA). Ter esses aparelhos disponíveis para uso é um sinal de alento para os pacientes da covid-19. Para ficar mais bem equipada para enfrentar a pandemia, Salvador recebeu, nesta segunda-feira (20), 83 novos equipamentos.

Dos novos respiradores, 75 adquiridos foram pela prefeitura e outros oito doados pela empresa Suzano. No total, o investimento foi de R$ 5,2 milhões feitos pelo executivo municipal.  

Respiradores adquiridos serão destinados para leitos de UTIs do município (Foto: Daniel Aloisio/CORREIO)

O anúncio da chegada dos novos respiradores foi feito nesta manhã, na Central Municipal de Logística de Salvador. É nesse local que a administração municipal gerencia e armazena os insumos usados pelos diversos órgãos da Prefeitura, como a Secretaria Municipal de Saúde (SMS).   

Os respiradores adquiridos devem ficar no local até a próxima semana, quando serão levados para os leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) viabilizados pelo município.   

“Isso vai nos dar uma capacidade de 187 leitos de UTIs disponíveis já na próxima semana”, afirmou Neto.

Esse número deve subir para 195, já que a prefeitura fez a requisição administrativa para uso do Hospital da Sagrada Família. O local possui oito respiradores disponíveis e terá gestão das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid). 

“Nessa crise, os aparelhos se tornaram um material disputado por vários países. E todos esses que foram anunciados já estão na posse da prefeitura. Não vai ser preciso passar por nenhum intermédio”, garantiu Neto, que ainda afirmou que a compra só foi possível graças à organização das finanças do executivo, que atingiu, no ano passado, o primeiro lugar entre as capitais no Índice de Gestão Fiscal da Firjan (IGFG), da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro. 

“Não estamos com dinheiro sobrando. Pelo contrário, a arrecadação tem até caído. Mas temos foco na saúde pública e preservação da vida humana. É a nossa prioridade absoluta nesse momento”, disse o prefeito. 

Distribuição
Trinta e cinco desses respiradores serão distribuídos a seis Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do município, que terão “gripários” – espaços dedicados exclusivamente para atendimento de pessoas com suspeita de coronavírus. Os demais serão destinados ao Itaigara Memorial, a primeira unidade de saúde do município dedicada ao combate ao coronavírus, e ao Hospital Sagrada Família, que foi requisitado pelo executivo para uso nesse período de pandemia. 

Além dos 83 apresentados hoje, outros 15 respiradores foram doados pelo Hospital São Rafael, pertencente ao Grupo D’Or, e já estão sendo instalados no Itaigara Memorial. Também está sendo construído um hospital de campanha, localizado na área do antigo Wet’n Wild, na Avenida Paralela. 

* Com orientação da subeditora Clarissa Pacheco

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas