Grávida é encontrada morta em Serrinha; marido é principal suspeito, diz polícia

bahia
17.12.2017, 18:05:00
Atualizado: 18.12.2017, 11:13:05

Grávida é encontrada morta em Serrinha; marido é principal suspeito, diz polícia

Parto da jovem, que tinha 25 anos, estava marcado para esta segunda-feira (18)
Daiane estava com o parto do segundo filho marcado para esta segunda-feira (18)
(Foto: Reprodução/Facebook)

Uma jovem grávida foi encontrada morta na manhã deste domingo (17) em Serrinha, no Nordeste da Bahia. Daiane Reis, 25 anos, estava desaparecida desde sábado (16). O corpo dela, com um tiro atrás da orelha esquerda, foi localizado por ciclistas num matagal na localidade conhecida como Povoado do Murici, em Serrinha, no Nordeste da Bahia. A Polícia Militar encontrou um projétil de revólver calibre .32 próximo ao corpo.

Daiane estava grávida de nove meses e tinha o parto marcado para esta segunda-feira (18). Ela desapareceu no sábado (16), depois que saiu para fazer compras do enxoval do bebê, que seria seu segundo filho. O marido de Daiane, pai do bebê que ela esperava, está sendo ouvido pela segunda vez neste domingo. Ele é o principal suspeito, segundo a polícia.

De acordo com informações de uma fonte do 16º Batalhão da Polícia Militar (BPM/Serrinha) que não quis se identificar, a polícia desconfiou do marido, Adilson Prado Lima Junior, 25 anos, porque ele se mostrou tranquilo após o corpo de Daiane ser localizado, por por volta das 9h deste domingo (17). Questionado se não iria ao local onde o corpo foi achado, Adilson disse: "Não, Deus me livre!". No primeiro depoimento, o marido já se apresentou com um advogado.

Agora à noite, segundo a fonte, Adilson voltou a ser conduzido para prestar depoimento e está sendo ouvido por dois delegados da Polícia Civil. Até as 20h35, o depoimento não tinha sido concluído. Mais cedo, a PM chegou a dizer que o ex-noivo de Daiane, pai do primeiro filho dela, era suspeito do crime e que ele seria intimado a prestar depoimento, já que havia viajado a Aracaju (SE) no mesmo dia do desaparecimento. Mas, de acordo com a fonte, a participação dele foi descartada.

No início da noite deste domingo (17), o ex-marido usou as redes sociais para negar que tenha envolvimento com o crime. "Venho por meio desse comunicado esclarecer que não tenho nada haver com o ocorrido, ontem trabalhei depois fui para casa onde estava com meus pais e meu filho esperei meu primo chegar para seguirmos viajem para Aracaju onde seria a confraternização da família, ontem mesmo recebi ligações perguntando por ela so que a muito tempo que não tinha nem contato com ela, hoje acordei com essa noticia horrível que não consegui nem responder a ninguém, fizeram falsas acusações sobre me mais se Deus quiser o culpado vai pagar pelo que fez (sic)", escreveu.


*Integrante da 12ª turma do Correio de Futuro