Seminário Conexões bate recorde de público do Agenda Bahia

agenda bahia
27.09.2017, 23:47:00
(Evandro Veiga/CORREIO)

Seminário Conexões bate recorde de público do Agenda Bahia

Tecnologia e inovação traduzem o Cimatec. Não é à toa que a unidade de Salvador, a mais avançada do Senai no país, é considerada um dos maiores centros de tecnologia da América do Sul. Na quarta, 27, a instituição recebeu o seminário Conexões, na 8ª edição do Agenda Bahia, que reuniu especialistas para debater o impacto social da tecnologia para um público de 650 pessoas, um recorde para o evento. 

“Fomos tomados por uma inquietação que pede mudanças. Para isso, ampliamos o diálogo com a comunidade e usamos o que há de mais inovador na tecnologia para propor soluções”, ressaltou o presidente da Rede Bahia, Antonio Carlos Júnior, acrescentando que o fórum debateu os impactos das conexões em uma casa que respira tecnologia.

O presidente da Rede Bahia disse ainda que o desafio do fórum foi realizar o que parecia impossível, utilizando a criatividade, força que move a sociedade, para pensar em ideias inovadoras. “Entendemos que este é o papel da marca CORREIO: ser protagonista de mudanças que os novos tempos exigem em prol da nossa sociedade”. O CORREIO é o realizador do Agenda Bahia.

O vice-presidente da Federação das Indústrias da Bahia (Fieb), entidade parceira do Agenda Bahia, Alexi Portela, lembrou que uma das características  do fórum é a discussão de temas interessantes para  a sociedade. “Todas as edições desse seminário lotaram o auditório da Fieb e mobilizaram a agenda dos executivos, governantes e acadêmicos”, disse.  

Para o diretor industrial da Braskem, outra parceira no fórum, Carlos Alfano,  temas como inovação e tecnologia dialogam com a empresa.  “Essas conexões estão totalmente alinhadas com nosso propósito de, através do plástico e da química, melhorar a vida das pessoas”, falou. 

O Fórum Agenda Bahia 2017 é uma realização do CORREIO, com apoio institucional da Prefeitura Municipal de Salvador (PMS), Federação das Indústrias da Bahia (Fieb) e Rede Bahia; patrocínio da Braskem, Coelba e Odebrecht; e apoio da Revita.