242 MORTOS

Ato marca 11 anos do incêndio na boate Kiss

Homenagem teve participação da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria

  • D
  • Da Redação

Publicado em 27 de janeiro de 2024 às 17:22

Homenagem às vítimas da boate Kiss
Homenagem às vítimas da boate Kiss Crédito: Reprodução/Facebook Prefeitura de Santa Maria

O incêndio da boate Kiss completa 11 anos neste sábado (27), e familiares e amigos fizeram um ato em homenagem às vítimas da tragédia, que deixou 242 mortos.

Sobreviventes do incêndio na boate Kiss e amigos e familiares das vítimas realizaram um ato em memória do trágico acontecimento que deixou 242 mortos. Neste sábado (27), a tragédia completa 11 anos.

Na noite de sexta-feira (26), os manifestantes realizaram uma caminhada usando máscaras brancas da praça Saldanha Marinho, no centro de Santa Maria-RS, até o prédio onde funcionava a boate. As máscaras foram colocadas nas paredes da antiga casa de shows. 

Por volta das 2h30, aproximadamente o horário em que o incêndio começou, houve a leitura dos nomes das vítimas, acompanhada do badalar de sinos. O ato teve participação da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria, do coletivo "Kiss: que não se repita", e contou com apoio da Prefeitura de Santa Maria.

Hoje, as homenagens prosseguem com uma série de conversas com pessoas que passaram por tragédias semelhantes. O evento contará com a presença de representantes dos familiares das vítimas do desabamento da barragem da Vale em Brumadinho, diz Gabriel Rovadoschi Barros, sobrevivente do incêndio na boate e presidente da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria.

A manifestação também marca a aproximação do novo julgamento do caso. O tribunal de júri está marcado para 26 de fevereiro deste ano.